Professor da Uninter, Mauri König é o 3º jornalista mais premiado da História

 

O paranaense Mauri König é o terceiro jornalista brasileiro mais premiados de todos os tempos, conforme levantamento realizado pela revista digital especializada Jornalistas&Cia. O Ranking dos +Premiados Jornalistas da História leva em conta 150 premiações concedidas no Brasil e no Exterior. König aparece em terceiro lugar, atrás de Eliane Brum e Miriam Leitão e à frente do repórter Caco Barcelos, da Rede Globo, que está em quarto.

Mauri König é professor no curso de Jornalismo do Centro Universitário Internacional Uninter, onde leciona as disciplinas de Processos de produção jornalística e Deontologia e ética jornalística. Também é editor do portal Uninter Notícias. O professor ganhou 38 prêmios em 26 anos de carreira, entre eles os mais importantes do jornalismo mundial.

Recebeu em 2012 o Prêmio Internacional de Liberdade de Imprensa, entregue pelo Comitê de Proteção aos Jornalistas, entidade global com sede em Nova York. Pelo reconhecimento à sua trajetória profissional, König recebeu em 2013 o Maria Moors Cabot Prize, o mais antigo e prestigiado prêmio do jornalismo mundial. O Cabot Prize é promovido pela Universidade de Colúmbia, a mesma que concede o Prêmio Pulitzer.

König venceu ainda outras importantes premiações internacionais, a exemplo do Global Shining Light Award, promovido pela Global Investigative Journalism Network, entidade formada por mais de 70 organizações de jornalismo de todo o mundo. Entre suas conquistas internacionais também estão dois Lorenzo Natali Prize, concedido pela União Europeia, e o Prêmio de Direitos Humanos da Sociedade Interamericana de Imprensa.

Entre as conquistas nacionais, König dispõe de dois Prêmios Esso, três Prêmios Imprensa Embratel e quatro Prêmios Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos. Ele tem dois livros publicados: Narrativas de um correspondente de rua (finalista do Prêmio Jabuti em 2009) e O Brasil oculto.

Clique aqui para ver a versão completa do Ranking dos +Premiados Jornalistas da História.

Embed HTML not available.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *