Duração: 18 meses
Turno: Todos
Unidade: Campus Garcez
Nota:

Objetivos

O Mestrado em Direito do Centro Universitário Internacional UNINTER tem dois objetivos principais. De um lado, a formação de recursos humanos com alta capacitação ao desenvolvimento de estudos avançados na área do Direito no Brasil. Toma-se em consideração, nesse ponto, a importância e a necessidade de desenvolvimento de perspectivas mais reflexivas e teoréticas na abordagem de temas como Poder, Estado, Jurisdição (e outros temas que daí se desdobram), bem como sua atual crise, de modo a contribuir de modo teórico e interdisciplinar para a mencionada reflexão. A realização de seminários, congressos na instituição, bem como a participação dos docentes em atividades e eventos acadêmicos pertinentes à área de concentração do programa, e, finalmente, a divulgação da produção em veículos nacionais e internacionais serão o meio de desenvolvimento e divulgação dos estudos empreendidos.

De outro lado, há o objetivo da formação de recursos humanos capacitados para a docência dentro das áreas objeto do programa, contribuindo assim para o ensino jurídico em termos locais (e também nacionais) com pessoal com competências específicas e racionalidade estritamente acadêmica. A ampla oferta de cursos de Direito no Brasil aponta para a necessidade premente de formação de docentes que contribuam para dar um salto qualitativo – que seja de ordem acadêmica – capaz de ultrapassar perspectivas num ensino meramente profissionalizante e prático, sobretudo nas áreas das disciplinas “dogmáticas”.

O perfil esperado dos egressos desse curso de mestrado, assim, será o de um profissional com perfil eminentemente acadêmico, embora conhecedor dos mecanismos e dos desafios contemporâneos da dogmática jurídica, para a qual, numa perspectiva multidisciplinar, ele também deve se dedicar. Deverá, assim, ser capacitado para a investigação e para a produção científica de qualidade, sempre atento aos critérios definidos pela área no que diz respeito à classificação dos veículos de publicação científica. Deverá, ainda, ser vocacionado para o intercâmbio acadêmico e para o diálogo científico, com colegas brasileiros ou estrangeiros de sua especialidade, vocação essa que deve ser fomentada pela participação ativa e organização de eventos com caráter científico de qualidade. Deverá, por fim, ser vocacionado para a docência – já que deve ser atento à necessária vinculação entre as vocações de ensino e pesquisa – transmitindo de modo apto e didático as experiências das atividades de investigação em sala de aula.