ADMINISTRAÇÃO

Um pacto para não deixar ninguém para trás

Autor: Juliane Lima - Estagiária de Jornalismo

Representantes dos 193 Estados-membros da ONU se reuniram em Nova York em 2015 para anunciar que a erradicação da pobreza é condição indispensável para o desenvolvimento sustentável global. Produziram o documento “Transformando o Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”, que define 17 objetivos de desenvolvimento sustentável com 169 metas, para que nos próximos 15 anos essas medidas possam ser implementadas, sem deixar ninguém para trás.

Segundo o site Agenda2030.com.br, esse é “um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal”. Ou seja, governos, sociedade, empresas e universidades podem e devem se unir em torno desses objetivos. Outra medida neste sentido é o Pacto Global, criado em 2000 para aproximar o setor privado dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e hoje “é hoje a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com mais de 13 mil membros em quase 80 redes locais, que abrangem 160 países”.

Com o intuito de levar o tema aos alunos do primeiro período do curso de Administração da Uninter, o PBL (trabalho prático da unidade temática do quadrimestre) foi centrado na realização de projetos baseados nos objetivos da Agenda 2030. Os estudantes, coordenados pela professora Maiara Kososki, foram divididos em 10 grupos e cada um escolheu um dos objetivos para aplicar em uma organização do terceiro setor de Curitiba.

A professora explicou que a disciplina é voltada para a resoluções de problemas reais, então os grupos adotaram instituições de diversos segmentos para a realização do trabalho prático. Um dos grupos foi até a Ilha do Mel, praia que localizada no litoral paranaense, junto com uma ONG que realiza coleta de lixo em várias praias do Brasil.

Os outros grupos trabalharam com as seguintes instituições:

  • Hospital Menino Deus – Recreação com as Crianças;
  • CMEI Vila Nori – A Importância da Nutrição Infantil;
  • Colégio Otília Homero da Silva – Redução da Desigualdade: apresentação de peças de teatro para os alunos;
  • Cultiva Curitiba – Centro de Curitiba;
  • Unidade Divina Providência – Coleta e conscientização sobre o descarte correto do lixo eletrônico;
  • Êmove – Coleta de roupas para doação à instituição ACRIDAS;

Além disso, todos participaram da arrecadação de lacres para troca de cadeiras de rodas.

No dia 9 de maio, os alunos apresentaram os resultados dos seus projetos, no auditório do campus Divina Providência, em Curitiba. Estiveram presentes no evento o diretor da Escola Superior de Saúde, Biociência, Meio Ambiente e Humanidades, Rodrigo Berté, e o vice-reitor da Uninter, Jorge Luiz Bernardi, que destacou a importância de trabalhos como esse dentro da instituição.

“Com essa preocupação de um curso de Administração e de futuros administradores, em preservar o nosso planeta com o Pacto Global e a Agenda 2030, nós estamos fazendo com que todo o nosso corpo de alunos, começando pelos de Administração, passem a ter essa preocupação com o planeta”, destaca Bernardi.

Já o professor Rodrigo Berté ressaltou a interdisciplinaridade que o Pacto Global e a Agenda 2030 têm em seus objetivos, e também explicou que em 2030, quando for realizado um levantamento das mudanças que já foram alcançadas, será feita uma nova agenda até o ano de 2050.

 

Embed HTML not available.
Autor: Juliane Lima - Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Juliane Lima e Pixabay


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *