Os 5 eixos do IBGPEX para promover uma vida melhor

Autor: Victor Corradini - Estagiário de Jornalismo

O Instituto Brasileiro de Graduação, Pós-Graduação e Extensão (IBGPEX) atua na promoção das ações de responsabilidade socioambiental da Uninter. Busca representar a preocupação da instituição em relação aos problemas sociais, educacionais e culturais das comunidades em que está inserida. Com o apoio dos polos da Uninter em todo o Brasil, o IBGPEX cumpre o seu dever de promover uma melhor qualidade de vida às pessoas assistidas pelos projetos.

Só em 2018, as ações do instituto alcançaram 4.941 pessoas. Essas ações são apoiadas em cinco eixos, seguindo as orientações do Ministério da Educação (MEC):

  • Eixo 1 – Diversidade, Meio Ambiente, Memória Cultural, Produção Artística e Patrimônio Cultural;
  • Eixo 2 – Desenvolvimento Econômico e Social;
  • Eixo 3 – Ações de Responsabilidade Social e Inclusão Social;
  • Eixo 4 – Ações afirmativas de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos e Igualdade Étnico-racial;
  • Eixo 5 – Ações de Estímulo relacionado à Difusão das Produções Acadêmicas (científica, didático pedagógico, tecnológica, artística e cultural).

Cada eixo engloba projetos que visam contribuir para uma vida mais sustentável em diversos âmbitos. Todos funcionam na sede do IBGPEX, em Curitiba (PR).

O primeiro exemplo é o projeto Pinceladas da Vida, que faz parte do eixo 1 e tem o intuito de ensinar arte em tela para as pessoas em situação de vulnerabilidade. As atividades contam atualmente com 15 participantes.

No eixo 2, um projeto que visa contribuir para o desenvolvimento de comunidades com a inclusão social, educacional e cultural das pessoas deficientes é o exemplo. O projeto Ser Capaz, que desenvolve a capacitação profissional de pessoas com deficiência, atende hoje 87 pessoas.

O terceiro eixo tem como exemplo um projeto voltado para a juventude que, entre outros cursos, proporciona a inclusão digital. O projeto Jovem Cidadão impacta atualmente 35 adolescentes.

Já no eixo 4, o exemplo é o projeto Justiça Solidária, que promove a defesa dos direitos das pessoas menos favorecidas e com vulnerabilidade social, atendendo 40 pessoas no último ano.

No último eixo encontram-se atividades de assessoramento, em conjunto com 17 instituições parceiras, que buscam atender às demandas das comunidades com capacitação de educadores sociais e outras ações de assessoramento e defesa de direitos civis.

A gerente de projetos do instituto IBGPEX, Adenir Fonseca dos Santos, acredita que a responsabilidade social é uma das dimensões que aos poucos vem sendo considerada essencial na atuação das instituições de ensino superior. “Assim, para apresentar problemáticas sociais e demandas das instituições de ensino e da sociedade, contribuindo com o desenvolvimento de projetos de extensão universitária, o Instituto IBGPEX Responsabilidade Socioambiental desenvolve o Projeto de Responsabilidade Social Universitária”, conclui Adenir.

Embed HTML not available.
Autor: Victor Corradini - Estagiário de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Victor Corradini - Estagiário de Jornalismo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *