Faminto de conhecimento, Tubarão faz segunda edição da campanha “Livros que Alimentam”

Autor: Alexandre Netto - Estudante de Jornalismo

Devido ao grande sucesso da última edição do Livros que Alimentam, projeto que troca livros por alimentos, o polo da Uninter em Tubarão decidiu manter a iniciativa em andamento e assim ter a oportunidade de ajudar outra instituição de grande importâncai na sua região. Na primeira etapa, em junho, foram arrecadados cerca de 500 kg de alimentos, entregues ao Lar da Menina, instituição que atua na cidade na área de assistência social.

O projeto oferece livros da editora Intersaberes em troca de alimentos, e monta postos de arrecadação nos supermercados e nas igrejas evangélicas Conviver Comunidade Cristã e Assembleia de Deus Independente (ADI).

O Pastor Carlos Augusto, da ADI, parabeniza a iniciativa e fale sobre a importância do projeto: “O projeto Livros que Alimentam tem sido muito importante porque além de ajudar pessoas carentes a receber um alimento ou uma cesta básica, promove a leitura para aquelas pessoas que têm o coração generoso e voluntário para abençoar e ajudar pessoas. É um projeto maravilhoso da Uninter que vem trabalhar o amor ao próximo justamente numa época tão complexa de pandemia, onde muitas pessoas estão desempregadas e passando dificuldades.”

A diretora do polo de Tubarão (SC), Liana Cargnin, comenta sobre a importância da continuidade dessa campanha: “O nosso interesse é poder ajudar várias instituições da nossa cidade nesse lindo projeto, que além de incentivar a leitura alimenta as pessoas que estão precisando, e nesse tempo de pandemia entendemos que a nossa instituição precisa estar incluída em projetos sociais, por isso decidimos dar continuidade”.

Nessa segunda etapa, o projeto acontece em parceria com a Casa de Apoio João 3:16, que é uma instituição localizada no centro da cidade de Tubarão (SC) e que atende às demandas de pessoas que estão em situação de rua, dando todo auxílio, como alimentação, troca de roupa e banho. A instituição também conta com uma assistente social e uma psicóloga que atendem essas pessoas.

Baseada na fé e na esperança, a Casa de Apoio João 3:16 tem como objetivo acolher e mudar a história de pessoas que, devido a várias circunstâncias de vida, chegaram a essa situação. A instituição recebe cerca de vinte pessoas por dia, e além de atender a suas necessidades imediatas, encaminha aqueles que realmente querem sair das ruas para uma clínica de recuperação, onde podem fazer um tratamento mais extenso. O coordenador da Casa de Apoio João 3:16, João Guilherme Pacheco, relata que esses alimentos arrecadados ajudarão muito nas refeições diárias para as pessoas atendidas pela instituição, e também na distribuição de cestas básicas para outras pessoas vulneráveis.

Nessa etapa, já foram arrecadados 259 kg de alimentos, 27 litros de leite e 6 litros de óleo, que foram entregues para a Casa de Apoio João 3:16 para ajudar na manutenção de suas atividades.

É possível acompanhar o trabalho da instituição por seu perfil no Instagram.

* Esta matéria foi produzida dentro do Programa Voluntários Uninter Notícias, desenvolvido por este site junto com a coordenação do curso de Jornalismo da Uninter.

Embed HTML not available.
Autor: Alexandre Netto - Estudante de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *