ESPECIAL ENFOC

Evento aborda a educação em suas múltiplas formas

Há muito tempo a modalidade de educação a distância (EAD) vem ganhando cada vez mais espaço em instituições de ensino por todo o Brasil. Quem não pode se deslocar até a instituição que oferece o curso estuda em casa e tem acesso a todos os conteúdos e atividades via internet.

Buscando compreender este cenário de popularização da EAD e de outras modalidades de ensino híbrido, o grupo de trabalho “EAD, Presencial e o Híbrido: Vários cenários de Docência, de Gestão, de História, de Currículo, de Aprendizagem e Políticas Públicas”, coordenado pelos professores Everson Nauroski e Luis Fernando Lopes, reuniu 51 trabalhos na XIV edição do ENFOC (Encontro de Iniciação Científica) da Uninter, que ocorreu nos dias 9 e 10 de novembro de 2018.

Lopes explica que a linha de pensamento do GT tem como base a teoria crítica e os estudos sobre a educação a distância: “Buscamos explorar o quanto o EAD pode ser mais do que ensino. O ensino a distância promove a entrada no ensino superior, ele transforma a vida dos estudantes em mais educação do que apenas aprendizado. Não é apenas ver um vídeo ou ler um livro, o aluno vê o mundo de uma maneira diferente, além de conseguir melhores oportunidades no mercado de trabalho”, esclarece o coordenador.

Além da EAD, existe também a modalidade híbrida, que combina a oferta de conteúdos das modalidades presencial e à distância, empregando recursos tecnológicos e ferramentas modernas de aprendizado. “No ensino híbrido temos o presencial com ferramentas da EAD”, explica Luis.

Segundo ele, a sensação de isolamento que existe na modalidade EAD pode ser diminuída com a utilização de chats de vídeo e texto, que promovem a interação em tempo real, estabelecendo uma maior comunicação do estudante com os colegas e também com os professores e tutores. “Não será mais uma presença exatamente física, apostamos cada vez mais no virtual”, comenta o professor.

Embed HTML not available.
Autor: Igor Ceccatto – Estagiário de Jornalismo
Edição: Mauri König / Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Arquivo UN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *