Escola Politécnica atualiza professores em semana pedagógica inovadora

Autor: Julia Siqueira - Estagiária de Jornalismo

Organizar uma semana com palestras e atividades direcionadas à equipe de professores, alguns dias antes do início de um novo semestre, já é tradição para a Escola Superior Politécnica da Uninter. Entretanto, o que antes era feito em conjunto com as demais escolas do Grupo Uninter, em 2019 tornou-se um evento solo, específico para esta escola.

Com o objetivo de preparar os docentes para a nova etapa do calendário letivo, a segunda Semana Pedagógica do ano aconteceu nas noites de 29 de julho até 1º de agosto, no Laboratório de Sistemas Embarcados do Campus Garcez, em Curitiba (PR). Ela contou com a presença de profissionais de diferentes áreas e palestras que falaram desde investimentos financeiros até formulação de questões para o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

Segundo a professora Dayse Mendes, responsável pela organização de todos os eventos que acontecem na Escola Superior Politécnica, este momento anterior ao início das aulas é fundamental para que os professores tenham um tempo fora do horário de trabalho, focando em sua formação continuada. “Quando a gente fica muito voltado somente àquilo que sempre fazemos, talvez a gente perca algumas ideias inovadoras que possam ser importantes”, disse ao Uninter Notícias.

Sobre a escolha das palestras, Dayse explica que se guia muito pelas demandas dos professores e coordenadores do setor. “Como eu faço a organização do evento, procuro verificar tanto com os professores quanto com os coordenadores o que seria interessante da gente conversar naquele determinado momento e, a partir disso, busco os palestrantes mais interessantes para suprir essas necessidades”, esclarece a educadora.

Os expositores que abriram a semana pedagógica deste ano foram Murilo Alves (assessor de investimentos) e Lindsay Azambuja (diretora de conteúdos da Editora InterSaberes), expondo, respectivamente, sobre como investir em 2019 e como criar conteúdo para as rotas de aprendizagem usadas nos cursos da Uninter.

Já na segunda noite, a equipe docente da escola teve a oportunidade de tirar dúvidas sobre as funcionalidades e processos do Univirtus, ambiente virtual de aprendizagem (AVA) utilizado nas atividades pedagógicas do Grupo Uninter. O convidado foi o gerente de Desenvolvimento de TI do Grupo, Newton Ceccon.

Para completar a semana, os últimos encontros contaram com um conteúdo mais denso. Na quarta-feira (31/07), por exemplo, os professores tiveram a oportunidade de familiarizar-se com o Numpy, um pacote de funções matemáticas para a linguagem Python que, além de ser um grande facilitador de cálculos da engenharia, nos próximos meses deve substituir o software que é utilizado em sala, o GeoGebra. O responsável pela exposição foi o aluno de Engenharia da Computação e programador no Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Inteligência Artificial (NUPEDIA) da Uninter, Mateus Oliveira.

Já na última noite, a palestra ficou nas mãos do professor Sérgio Pirani, que aproveitou o espaço para falar sobre regras e fórmulas usadas na elaboração de questões para o Enade. Além disso, durante sua palestra, Pirani propôs um exercício prático de produção de questões utilizando os métodos ensinados.

Embed HTML not available.
Autor: Julia Siqueira - Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Bárbara Possiede - Estagiária de Jornalismo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *