ENSINO

EAD muda o cenário da educação básica e superior

Mauro Sérgio Soares Rabelo, 44 anos, caminha a passos largos e está indo longe como professor e estudante na área da educação. Seu sucesso é resultado da democratização e do crescimento da educação a distância no país. Ele é ex-aluno do curso de Tecnologia em Comércio Exterior da Uninter e, em outubro de 2018, publicou o livro “As novas tecnologias: sua aplicação prática no ensino da língua portuguesa e matemática”.

Rabelo concluiu o curso tecnólogo em 2008, no polo de Macapá (AP), onde reside há 10 anos. O ex-aluno da Uninter é natural de Monte Dourado (PA), distrito de Almeirim, distante 434 Km da capital do estado. Rabelo é professor do ensino superior desde 2010, em uma instituição privada, além de ser mestre em ciência da educação. Seu livro é fruto da dissertação de mestrado. A obra foi escrita em coautoria com Gleydson Augusto Gomes da Mata.

“O ensino da matemática e da língua portuguesa ainda era um gargalo na pedagogia de muitos professores quando houve o ‘boom’ das mídias digitais”, observa o autor.  Ele analisou o uso das novas tecnologias desde o ano 2000: o uso de laboratórios, jogos digitais e tele aulas, sem esquecer do quadro de giz.

“A Uninter democratizou a educação a distância ao levar os conteúdos que estão nos grandes centros urbanos para cidades do interior, como Monte Dourado. Graças à mídia digital, ela levou a educação a distância ao público que não tinha acesso. Uma vez eu estava em sala de bate-papo da Uninter e entraram alunos do Rio do Grande do Sul, Brasília e Paraná. Nós estávamos discutindo o mesmo conteúdo, com o mesmo nível”, explica. O egresso ainda elogiou o incentivo da coordenadora do polo de Macapá, Maria da Glória, e também do tutor à época.

Mauro acredita muito no futuro da educação a distância, cujos números apresentam índices positivos de crescimento. Segundo matéria publicada pela Agência Brasil, o número de matrículas no ensino presencial aumentou 2,3% em 2015, comparado ao ano anterior. Já a educação a distância (EAD) cresceu 3,9% no país, no mesmo período avaliado.

O Grupo Uninter está prestes a superar a marca de 1.000 polos de apoio presencial à educação a distância em todo o Brasil. Os mais de 500 mil acadêmicos formados pela instituição são prova de que aliar tecnologia e educação traz excelentes resultados.

 

Embed HTML not available.
Autor: Evandro Tosin – Estagiário de Jornalismo
Edição: Mauri König / Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Arquivo pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *