Um dia (ou todos) para tirar todo mundo do sedentarismo


Com a tecnologia cada vez presente no cotidiano de praticamente todo mundo, a prática do exercício físico ainda é uma barreira para a maioria das pessoas. Jovens com idade entre 15 e 17 anos são os mais ativos; em contrapartida, pessoas de mais de 60 anos praticam menos atividades físicas no Brasil, classificado entre os países mais sedentários do mundo, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2015.

No dia 6 de abril foi comemorado o Dia Nacional de Mobilização pela Promoção da Saúde e Qualidade de Vida. Para celebrar a data, polos de apoio presencial da Uninter em todo o país que oferecem o curso de Educação Física na modalidade a distância promoveram eventos no dia 14 de abril para conscientizar o hábito e a prática de exercícios físicos ao público presente.

Os tutores de cada polo, junto com os alunos do curso de Educação Física, organizaram em pontos estratégicos diversas atividades oferecidas para a população, entre elas o teste de IMC (Índice de Massa Corporal) e outros testes práticos na hora.

O coordenador de Educação Física da Uninter, Marcos Ruiz da Rilva, avalia a mobilização como positiva para que mais pessoas busquem se exercitar. “A tecnologia tem o seu lado negativo em alguns pontos. As pessoas deixam de praticar exercícios pelo conforto que se dá. A mobilização foi dada para que mostre o papel inverso disso”, explica.

Além dos testes e das atividades, os eventos contaram também com a palestra “descomplicando a atividade física” gravada pelo coordenador do curso. “O objetivo foi esclarecer de forma simples algumas recomendações regulares e o hábito das práticas do exercício físico”, finaliza o coordenador.

Edição: Mauri König

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *