GESTÃO FINANCEIRA

Saiba como recuperar uma parte do seu dinheiro após as compras

Um programa de fidelidade que, em vez de recompensar o consumidor com pontos, devolve a ele uma parte de seu dinheiro. Esse é o serviço de cashback – do inglês, “dinheiro de volta” – que está crescendo no país por meio de empresas como Mélius e Beblue. Ele se coloca como alternativa e concorrente aos tradicionais programas de fidelidade que acumulam pontos, como Smiles e TudoAzul.

“É como se o consumidor recebesse uma comissão por comprar em vez de acumular pontos ou milhas. É um serviço sério e confiável, mas o consumidor deve tomar cuidados e pesquisar a reputação da empresa antes de aderir, principalmente se ela for novata no mercado”, explica o coordenador do curso de  Gestão Financeira da Uninter, Daniel Cavagnari. Na pesquisa, o consumidor deve procurar saber se a empresa é real e se arca de fato com o compromisso de devolver o dinheiro. O cuidado deve ser redobrado com aquelas que cobram mensalidades ou taxas, pois já não se enquadram mais no conceito de cashback.

O professor explica que os negócios especializados na área oferecem uma grande variedade de produtos provenientes de empresas parceiras. A origem do dinheiro que é dada ao consumidor é simples. “As lojas parceiras pagam uma comissão ao serviço de cashback por cada compra realizada. A empresa de cashback, por sua vez, compartilha parte dessa comissão com o consumidor”, explica. Algumas lojas também criam seus próprios sistemas de fidelização, oferecendo créditos na própria loja para o cliente.

A longo prazo, o cashback pode ser recompensador para o consumidor, principalmente se ele compra de uma determinada loja ou grupo de lojas com frequência. Se for esse o caso, vale buscar o programa de cashback que tem mais parcerias com suas lojas preferidas. Já para as empresas, a vantagem está na fidelização dos clientes. Isso é de grande benefício para negócios que têm bastante concorrência no mercado, como aqueles que comercializam eletrodomésticos, por exemplo.

Embed HTML not available.
Autor: Da Assessoria
Créditos do Fotógrafo: Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *