Quando o aprendizado e a solidariedade andam lado a lado

Autor: Diego Augusto - Estagiário de Jornalismo

A sala de aulas é um espaço onde o aprendizado e a convivência andam lado a lado. O fascínio em ensinar leva os profissionais da educação a pensarem em novas maneiras para que o conhecimento possa ser transmitido. A qualidade da metodologia aplicada em sala de aula é elemento fundamental do processo. Sendo assim, cada vez mais profissionais da educação são instigados a buscar novas técnicas de ensino, procurando renovar suas práticas para que se tornem mais atrativas e eficientes.

Durante os meses de março e abril, o polo Uninter de Navegantes (SC) realizou oficinas de contação de histórias e origami para alunos, professores e pais de alunos de cursos de licenciatura. As oficinas, que foram idealizadas pelas tutoras Ana Rúbia do Amaral e Raquel Fink, também contaram com a participação de educadores da rede pública e privada das cidades de Navegantes (SC) e Piçarras (SC).

Esses educadores aproveitaram o encontro para trocar experiências e aprender novas metodologias a serem aplicadas em sala de aula. “Demonstramos técnicas diferenciadas de origami e contação de histórias para os profissionais aplicarem em sala com o intuito de desenvolver habilidades motoras, cognitivas e afetivas das crianças”, explica Ana.

Além de apresentar atividades que diversificam os métodos de lecionar, as oficinas também tiveram um caráter social ao arrecadar chocolates para crianças e adultos do instituto AMA (Associação de Pais e Amigos de Autistas de Navegantes). “O propósito das oficinas foi despertar o verdadeiro sentido dessa data demonstrando, independente de religião, a solidariedade, compaixão e amor ao próximo ao arrecadar chocolates para nossas crianças e adultos autistas”, comenta a tutora.

Ao todo, foram doados 15 quilos de chocolate, 83 barras e diversos bombons que foram distribuídos para as crianças na festa de páscoa da instituição, ocorrida no dia 15 de abril. “A Alessandra (responsável pela AMA) ficou extremamente emocionada ao saber que receberiam as doações, pois estavam com tudo pronto para a festa de Páscoa, inclusive tinham confeccionado embalagens para os doces que seriam entregues, porém não haviam ganhado nenhum chocolate para distribuir. Esse fato emocionou a todos nós e percebemos que fomos os verdadeiros beneficiados com esse ensinamento de fé, perseverança, determinação e amor ao próximo”, finaliza Ana.

A AMA é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos que se mantém basicamente com doações e ações diversas realizadas pela própria instituição para arrecadar fundos.

Embed HTML not available.
Autor: Diego Augusto - Estagiário de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Arquivo PAP Navegantes


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *