ENSINO

O WhatsApp como aliado em sala de aula

Ao menos 117,2 milhões de brasileiros acessam a internet pelo telefone celular, 94% dos jovens de 16 a 24 anos usam a internet para o envio de mensagens instantâneas (WhatsApp) e 91% para acessar redes sociais. E ainda, 46% das pessoas acessam a internet enquanto estão fazendo algum deslocamento. Os dados são da pesquisa Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) Domicílios 2016, disponível aqui.

Com o acesso prático e fácil no dispositivo móvel, as pessoas estão online o tempo todo e os professores têm encontrado dificuldades para fazer com que os alunos participem da aula, segundo a professora Elisabeth Hartog. Ela expôs na Jornada Acadêmica da Uninter o tema “Uso do WhatsApp como ferramenta pedagógica”, com o objetivo de pensar a utilização do celular como uma ferramenta para ampliar na transmissão do conhecimento, que hoje não acontece só em sala de aula.

“A ideia é fomentar a discussão através do WhatsApp, ampliar o debate que se faz na sala, no sentido de que os alunos busquem algo além do conteúdo que se trabalha em aula”, explica. As novas tecnologias permitem novas maneiras de aprender e cabe ao professor aproveitar as potencialidades do celular como um recurso pedagógico, uma vez que ele está presente na vida de todos os alunos.

Esse equipamento que cabe na palma da mão pode ajudar a aprimorar a pesquisa, ajudar na busca de conhecimento, dar alguma autonomia para o aluno. Algumas possibilidades são, por exemplo, criar um grupo, eleger um moderador, definir temas, compartilhar as pesquisas, tirar dúvidas online, distribuir e adiantar o conteúdo a ser debatido em sala de aula.

Embed HTML not available.
Autor: Ana Caroline Paulino - Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König
Créditos do Fotógrafo: Victor Corradini - Estagiário de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *