SUSTENTABILIDADE

Microrganismos, uma grande economia

O biodigestor é um equipamento que promove a digestão de matéria orgânica por meio de enzimas, o que leva à geração do seu produto final, o biogás. Nesta transformação, as ações enzimáticas que ocorrem passam por processos anaeróbicos (sem a presença de ar) e aeróbicos (com a presença de ar), havendo também o controle de temperatura e PH dos microrganismos presentes.

O professor Marcos Baroncini Proença, da Uninter, apresentou no Congresso Internacional de Biogás (CIBIO), realizado na FIEP em setembro deste ano, um modelo de biodigestor criado por ele em parceria com outros professores e pesquisadores.

No congresso em questão, alunos da UFPR e da UTFPR, moradores da Casa do Estudante Universitário (CEU), conheceram o projeto e demonstraram interesse na montagem de um biodigestor na própria CEU. O professor aceitou o desafio e os alunos obtiveram apoio do Rotary Club.

O projeto, que ainda está em curso, possui cinco etapas: 1. levantamento da quantidade e características da biomassa que pode ser utilizada na digestão enzimática; 2. identificação do microrganismo ou grupo de microrganismos com maior potencial para gerar gás combustível; 3. levantamento das condições ideais para a maior atividade dos microrganismos; 4. projeto do biodigestor e criação do seu sistema de controle; 5. por fim, a instalação e construção em um local propício e autorizado pelos órgãos competentes.

A CEU ganhará muito com isso, pois o biodigestor poderá representar uma considerável economia de energia, entre outras vantagens. “Através do uso do biogás produzido em um gerador, será transferida energia elétrica para a CEU, diminuindo assim o consumo da energia da rede e impactando diretamente na redução do maior custo deles atualmente”, explica o professor Marcos.

Embed HTML not available.
Autor: Igor Ceccatto – Estagiário de Jornalismo
Edição: Mauri König / Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *