Logística reversa da Uninter preserva o meio ambiente e ainda economiza R$ 160 mil

Autor: Renan Vasconcelos - Estagiário de Jornalismo

A questão ambiental é cada vez mais importante nos dias de hoje, e por isso diariamente surgem novas inciativas para que governos, empresas e pessoas sejam mais sustentáveis. Tendo isto em mente, a Logística do Grupo Uninter tem como uma das suas principais atividades o desenvolvimento e aprimoramento da logística reversa, onde todos os materiais recebidos de outros setores e dos seus Polos, são avaliados e posteriormente reutilizados, doados, ou descartados em conformidade com as melhores práticas de mercado.

O analista logístico Alan Freitag explica que existe uma política que regula o processo de devolução dos materiais dos Polos de Apoio Presencial distribuídos em todos o Brasil para o Centro de Distribuição Uninter e que além disto, um veículo recolhe os materiais de todos os campi e sedes administrativas sediados em Curitiba e região. Quando o material é recebido, é realizada uma triagem e classificação de todos os materiais, garantindo assim a destinação correta.

“Fazemos a avaliação dos eletrônicos em conjunto com o suporte técnico para verificar a viabilidade de reutilização de peças e componentes de informática. Isto evita um possível custo, pois toda vez que reutilizamos um material não temos necessidade de aquisição, gerando economia e reduzindo desperdícios. ”, comenta.

Os equipamentos que não serão mais utilizados pela Uninter mas que ainda possuem condições gerais de uso, são doados para diversas instituições, como hospitais e escolas. Segundo Alan, os pedidos de doação para estas instituições são recebidos, avaliados e sempre que possível realizados. É um trabalho que envolve diversas áreas além da Logística.

Além de eletrônicos, os livros que não são retirados pelos alunos nos Polos de Apoio Presencial, também fazem parte deste processo. “Muitas vezes o aluno desiste do curso ou não retira o seu material. A Logística por sua vez, realiza periodicamente a avaliação dos estoques dos Polos onde os excedentes retornam para o Centro de Distribuição. Estes livros, após triagem, podem ser reutilizados em atividades acadêmicas ou descartados em casos de obsolescências.

Sobre a economia obtida com essas ações, Alan destaca que de acordo com a quantidade de materiais reutilizados, como móveis e eletrônicos, em comparação com seus valores de mercado, a Uninter já economizou cerca de R$ 160 mil em 2019.

O trabalho feito na Logística mostra o quanto a Uninter se preocupa com a sustentabilidade e a questão ambiental, o que ainda não é comum no Brasil. Desenvolver projetos que possam ajudar a transformar a realidade social, tanto local como regional, por meio de práticas equilibradas entre o homem e o meio ambiente, é um dos valores de nossa instituição.

“Um apelo para todo mundo é sobre a conscientização do descarte ou destinação correta, mesmo que começo apenas jogando o copinho plástico na lixeira certa. Pode não parecer, mas isso realmente funciona. Nós, que estamos aqui no final do processo, vemos o impacto que o descarte consciente gera para a instituição. A Uninter está no caminho correto e evoluindo a cada dia”, conclui Alan.

 

Embed HTML not available.
Autor: Renan Vasconcelos - Estagiário de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Victor Corradini - Estagiário de Jornalismo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *