RELIGIÃO

Jesus leva 200 mil às ruas de Curitiba

Autor: Jaqueline Deina - Estagiária de Jornalismo

A Marcha para Jesus faz parte do calendário oficial do país e acontece em quase todas as capitais brasileiras, com o apoio de órgãos públicos e igrejas cristãs locais. O movimento começou em São Paulo, em 1993, através da iniciativa do apóstolo Estevam Hernandes, líder e fundador da Igreja Apostólica Renascer em Cristo.

Em Curitiba, a 25ª edição do evento aconteceu no dia 18 de maio, em referência ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil. Com o tema “Jesus é a Esperança”, a marcha reuniu cerca de 200 mil pessoas, que se concentraram na praça Santos Andrade partindo em direção ao Centro Cívico. Entre os presentes, estiveram autoridades religiosas, o prefeito Rafael Greca e o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior.

Os cursos de Teologia Católica, Teologia Bíblica Interconfessional, Ciências da Religião, Pedagogia e Educação Física da Uninter, marcaram presença no grandioso evento. Com um estande especialmente preparado para receber o público, professores e alunos ofertaram atividades para as crianças, com direito a xadrez gigante e pinturas de rosto.

Além disso, eles puderam divulgar os cursos da Uninter. O professor de Teologia, Gilberto Aurélio Bordini, reforça que a marcha é um movimento ecumênico, e que alcança pessoas de diferentes denominações. “Somos uma única crença. Acredito que tenha católicos aqui hoje, nesse movimento, que é social”, diz.

A professora de Teologia Sandra Ribeiro, também falou sobre a importância do evento para a instituição. “Nosso objetivo é fazer com que todos os cursos sejam conhecidos, mas principalmente os da área de religião. Muitas pessoas não sabem que a Uninter tem esse segmento educacional e que agrada a todos os públicos, tanto católico como protestante. E também o curso de Ciências da Religião, que visa a formação de professores”, explica.

A analista administrativa Vanessa Aparecida Lurezovoski trabalha há seis anos na Uninter e prestigiou a marcha duplamente. Ela é integrante da “Torcida Guerreiros de Cristo”, da Igreja Bola de Neve Curitiba, onde congrega há quase dois anos. “Nossa proposta hoje é levar o amor, o respeito e a fé de uma forma diferente. Eu não poderia deixar de prestigiar também o trabalho da Uninter, afinal, educação e fé andam juntas”, declara.

A diretora da Escola Superior de Educação (ESE) da Uninter, Dinamara Machado, explica que a participação no evento é uma iniciativa do coordenador do curso de Teologia Interconfessional, Cícero Manoel Bezerra. Ele também faz parte do movimento Marcha para Jesus e fez a mediação para que a instituição pudesse estar presente.

“O movimento e os cursos da ESE, que estão presentes aqui hoje, têm um objetivo em comum: a esperança. Quando nós trabalhamos com a educação, com as teologias, com a fé; trabalhamos com a esperança de um mundo melhor. Além das atividades para as crianças, estamos fazendo mini palestras sobre profissões que vão existir, atendendo um público muito grande. Queremos mostrar para as pessoas as possibilidades que a educação pode trazer para a vida delas”, conclui Dinamara.

Embed HTML not available.
Autor: Jaqueline Deina - Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König
Créditos do Fotógrafo: Jaqueline Deina - Estagiária de Jornalismo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *