Grafita é eleita a melhor agência experimental do ano no Paraná

Alice Gonçalves – Estagiária de Jornalismo

Eleita a melhor agência experimental do ano no Paraná no evento Creative Soccer Challenge 2016, a Grafita – vinculada ao curso de Publicidade e Propaganda da UNINTER – foi premiada no dia 29 de outubro pela Redhook School, escola de comunicação voltada à qualificação profissional do mercado publicitário. A premiação consistiu em troféu e certificado.

A Grafita superou as agências experimentais de outras seis instituições de ensino superior pela sua capacidade de engajar os alunos nos dois desafios propostos pelo Creative Soccer Challenge: de criatividade e de esporte. Para isso, fez vídeos, guia para os alunos e organizou um campeonato de futebol de botão para estimulá-los a aderir à competição.

Antes, os estudantes da UNINTER passaram por uma seleção interna. Três times montados pelos alunos criaram um plano de comunicação dentro da proposta da Redhook School, cujo tema era futebol. Tiveram de produzir uma campanha publicitária para cada equipe, com o nome, o brasão e o desenho do uniforme do time. As equipes foram avaliadas por uma banca da UNINTER e apenas uma seguiu na competição, a Criativa Distrito F.C.

Depois, a campanha publicitária da Criativa Distrito F.C. disputou na etapa de criatividade com o trabalho de outras 20 equipes, das demais instituições. Vice-campeã, a equipe formada pelos estudantes Gabriela Andrade, Jean Berti, Ana Tavarez, Renan Cabral e Maikel Robert foi responsável por toda a criação do time, desde brasão ao hino. Já a Grafita levou o grande prêmio pela capacidade de mobilização dos alunos ao longo de todo o Creative Soccer Challenge 2016.

Outra fase da competição consistia em um campeonato de futebol society disputado entre as equipes.

Professora do curso de Publicidade e Propaganda e coordenadora da Grafita, Ana Heck destaca que a participação dos estudantes nesse evento vai muito além da possibilidade de eles ganharem prêmios. É uma aposta no aprimoramento visando ao futuro. Em um evento como este da Redhook School possibilita a participação em diversas oficinas de capacitação, permite o contato com profissionais da área e dá visibilidade aos trabalhos acadêmicos.

Segundo Ana, um evento deste porte pode abrir perspectivas profissionais. “É importante conhecer pessoas que atuam na área para trocas de experiências. Esses novos conhecimentos podem abrir portas, pois podemos conhecer pessoas que podem vir a nos contratar ou indicar o nosso trabalho”, destaca. Ela resume que é um meio de divulgar o curso, a agência e principalmente o trabalho dos alunos.

A equipe que representou a UNINTER e garantiu para a instituição o título de melhor agência experimental foi composta pelo coordenador do curso de Publicidade e Propaganda, Patrick Diener, pelo professor Alexandre Correia, pela coordenadora da Grafita, Ana Heck, e pelos alunos Isabelle Chechinato, Danya Polak e Jabes Venâncio.

Edição: Mauri König

 

 

Embed HTML not available.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *