DIREITOS E CIDADANIA

Força-tarefa não tira os olhos das ruas em busca de quem vive à deriva

O projeto POP Rua é uma parceria da Uninter com a prefeitura de Curitiba (PR). Trata-se de uma “força-tarefa” com 30 pessoas de três cursos da instituição que desenvolve uma pesquisa sobre a população em situação de rua que, junto das organizações responsáveis, busca conhecer esse público e assim melhorar o atendimento das suas necessidades. Em 2018, o projeto se dedicou a realizar um mapeamento inicial do problema.

Os resultados dessa primeira etapa do trabalho foram apresentados no último ENFOC, o Encontro de Iniciação Científica da Uninter, realizado em novembro de 2018. No evento, o grupo de professores e alunos envolvidos com o projeto apresentou 7 artigos e 2 resumos expandidos com os dados da pesquisa. Os trabalhos abordaram temas como o atendimento à saúde da população de rua, os relacionamentos familiares dessa população, a atuação de profissionais de serviço social em ONGs de assistência, entre outros.

As pesquisas envolveram análises de reportagens, de legislação e levantamento de dados sobre a população feminina. “Agora essa pesquisa vai além dos muros da instituição, permitindo que outras pessoas também ampliem seu conhecimento sobre o tema”, comentou a professora Neiva Silvana Hack, coordenadora do projeto.

O grupo de pesquisa continuará em 2019, e as próximas etapas da pesquisa são: iniciar o trabalho de campo; ouvir pessoas que estão em situação de rua e também profissionais que atendem essa parcela da população; aplicar formulários para conhecer melhor o perfil do público alvo da pesquisa; sugerir formas de melhorar o atendimento oferecido aos moradores de rua de Curitiba.

Desde o começo do projeto, a Uninter tem feito contato com órgãos públicos e ONGs que trabalham com o cuidado da população de rua, como a Fundação de Ação Social (FAS) de Curitiba, o Ministério Público e o Movimento Nacional da População em Situação de Rua. Essa parceria facilitou o acesso a dados e servirá para execução das próximas etapas do POP Rua.

“Pretendemos aproximar cada vez mais essa relação com o intuito de levar nossa contribuição institucional e acadêmica para esses espaços que ofertam atendimento”, comentou a professora. Campanhas, ações e assessorias também estão previstas para combater o preconceito contra essas pessoas.

Uma equipe de olho nas ruas

Mais de 30 alunos dos cursos de Serviço SocialDireito e Ciência Política se envolveram com as produções para o ENFOC em torno do projeto. Os artigos são frutos colhidos de um processo de pesquisa de quase um ano.

Coautora do artigo “Reportagens sobre população em situação de rua em Curitiba: o que a sociedade vê”, Elaine Patrícia de Oliveira é aluna Uninter de Serviço Social. “É muito gratificante. O resultado foi satisfatório e cada vez me identifico mais com a temática, que é um fenômeno que tem uma infinidade de fatores a ser estudada” diz. Esse é o terceiro artigo que ela elabora nessa mesma temática – o primeiro com o grupo de pesquisa.

Rosilaine dos Santos Gomes e Marcia Romovicz Souza, também alunas de Serviço Social da Uninter, abordaram o tema do projeto por um viés mais específico, falando sobre “A mulher em situação de rua e as políticas públicas”, pelo qual receberam uma menção honrosa. “Fazer esse artigo foi desafiador, uma vez que a temática ‘mulher em situação de rua’ praticamente não é estudada. Então o desafio de escrever sobre isso foi grande, porém acendeu em mim a vontade de dar continuidade neste assunto”, disse Rosilaine.

A coordenadora da pesquisa, professora Neiva Silvana Hack, esteve envolvida na produção de todos os artigos. Tanto os alunos quanto a professora pretendem continuar as pesquisas e desenvolver novos trabalhos ao longo deste ano.

Embed HTML not available.
Autor: Ariadne Körber - Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König / Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Victor Corradini - Estagiário de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *