Engenharia da Computação EAD faz bonito e ganha nota máxima do MEC

Autor: Igor Ceccatto - Estagiário de Jornalismo

Mais um curso da modalidade de educação a distância da Escola Superior Politécnica da Uninter acaba de receber uma excelente avaliação do Ministério da Educação (MEC). Em maio deste ano, o curso de Engenharia Elétrica já havia recebido a nota 5, e agora foi a vez do curso de Engenharia da Computação na modalidade a distância ganhar nota máxima da comissão avaliadora do MEC.

“Já acompanhamos essa preparação há bastante tempo e sempre estive envolvido nos processos necessários como professor tanto na documentação quanto no resto do processo, para então chegar à coordenação”, explica Rafael Wiecheteck, que há pouco mais de dois meses assumiu a coordenação do curso.

O grande desafio de um curso de engenharia na modalidade a distância é levar aos alunos oportunidades de desenvolver atividades práticas, o que é essencial para a sua formação. Este é um dos pontos de maior destaque dos cursos da Uninter, que oferecem kits exclusivos com equipamentos para os alunos realizarem todos os experimentos necessários durante o curso.

“Todo esse trabalho foi feito com nossos kits de eletrônica, de forma que os alunos podem praticar sem estar em uma região específica, esse detalhe foi um ponto forte e deixou os avaliadores surpresos pelos resultados”, explica Rafael. Mas não basta entregar os kits aos alunos, também são necessárias rotas de aprendizagem, vídeos explicativos e materiais de apoio, todos montados pelos docentes para que o aluno aprenda a utilizar os equipamentos.

Após esse resultado positivo, o coordenador e sua equipe têm muito do que se orgulhar. “É muito gratificante ver o resultado desse trabalho, pois só confirma tudo o que foi feito, desde as primeiras equipes até o resultado final, no acompanhamento, feedback dos alunos e na busca contínua de melhorias”, salienta Rafael.

Agora a responsabilidade aumenta, pois é preciso manter o padrão de qualidade e continuar inovando para chegar à nota máxima. E para exemplificar essa necessidade de estar sempre avançando em sintonia com o desenvolvimento tecnológico, ele destaca que, pela primeira vez em um curso de engenharia, a disciplina “Tópicos avançados em computação”, que engloba computação quântica, passa a fazer parte da grade curricular.

“O curso recebeu novas diretrizes curriculares nacionais e precisa de uma nova adequação, para continuar atendendo às demandas que vão surgindo”, conclui Rafael.

Incorporar HTML não disponível.
Autor: Igor Ceccatto - Estagiário de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Maicon Sutil - Estagiário de Jornalismo


4 thoughts on “Engenharia da Computação EAD faz bonito e ganha nota máxima do MEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *