PEDAGOGIA DA AUTONOMIA

Educação híbrida, um caminho para a autonomia

Autor: Ariadne Körber - Estagiária de Jornalismo

Paulo Freire é um dos brasileiros mais conhecidos no mundo quando se trata de educação. O pedagogo ganhou prêmios internacionais por suas práticas educacionais e por sua obra acadêmica. Nascido em Pernambuco, em 1921, Freire dedicou sua carreira profissional a desenvolver a “pedagogia da libertação”.

O célebre educador entendia que as tecnologias e as mídias eram úteis para a alfabetização, principalmente de adultos, além de propor que a alfabetização desenvolve a autonomia e o pensamento crítico dos indivíduos. Suas contribuições continuam atuais.

As professoras da Uninter Mariane Kraviski, de Pedagogia, e Joice Diaz, da Pós-Graduação em Educação, organizaram e ministraram o minicurso “Pedagogia da Autonomia”, no dia 23.nov.2019. O curso aconteceu durante o “Encontro Nacional –  Paulo Freire e o Ensino de Ciência e Tecnologia”, na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, em Ponta Grossa (PR).

A proposta do curso era levar os presentes a vivenciar a pedagogia da autonomia através do sistema de “Rotação por Estações de Aprendizagem”, gerando uma vivência de aprendizagem inovadora e de ensino híbrido.

O método da rotação consiste em criar ambientes de aprendizagem variados dentro da mesma sala, organizada em pequenos grupos de alunos que passam por essas estações, tratando o mesmo tema de maneiras diferentes. A escolha do método se deu pela percepção das professoras de que ele seria o mais compatível em relação à proposta pedagógica do livro usado como base.

Oito professores da região participaram do curso. Segundo Joice, além de serem bastante participativos e animados, eles relataram nunca terem experimentado uma das ferramentas utilizadas, os óculos de realidade aumentada. “Foi muito especial ministrar o minicurso. Os alunos tiveram uma participação muito grande, e foi um tema totalmente novo para eles”, finaliza.

Embed HTML not available.
Autor: Ariadne Körber - Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Arquivo pessoal


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *