Por uma educação que vá além da sala de aula

 

Denise Becker – Estagiária de Jornalismo

Em seus discursos e escritos, o educador Paulo Freire enfatizou que a educação é um ato de amor e coragem, sustentada nos diálogos e nos debates, e requer olhares sensíveis de homens e mulheres em busca de saberes. A pedagogia é a ciência da educação e ocorre em todos os espaços da sociedade.

Mas, que espaços são esses? Apenas a sala de aula? “Quero saber onde o pedagogo pode atuar, o que é pedagogia hospitalar e como eu, como pedagoga, posso cuidar de crianças em situação de vulnerabilidade, nas casas ou nas ruas. Como agir e que medidas tomar?” Esses são os questionamentos de Maria José Posetti, 49 anos, aluna do curso de Pedagogia a distância da Uninter.

Ela e outros estudantes participaram do simpósio “Formação Docente para Diferentes Níveis e Contextos”, realizado nesta segunda-feira (8) no polo CIC da Uninter, em Curitiba. Foram 250 inscrições via formulário online, além das realizadas no momento do evento.

Segundo a coordenadora do polo, Karina Gomes Rodrigues, o campo de atuação do professor e do pedagogo não se restringe aos muros de uma escola. “O simpósio serve para estimular os acadêmicos, para que tenham domínio, conhecimento e possam interagir sobre os assuntos aqui tratados”, diz.

Por esse motivo, Karina e a coordenadora do curso, Gisele Cordeiro, realizam a cada Unidade Temática de Aprendizagem (UTA) dos cursos de Licenciatura e Pedagogia na modalidade EAD, simpósios, oficinas e palestras para complementar as videoaulas e o conteúdo estudado pelos alunos. “É um evento comum a todas as licenciaturas e pretende capacitar o professor e o pedagogo para atuar fora da escola, como, por exemplo, em hospital e ONGs”, enfatiza Karina.

Ela salienta que professores e pedagogos não estão restritos apenas aos espaços escolares. A educação acontece a todo momento e em todos os lugares. A atuação desses futuros profissionais irá ocupar setores como hospitais, recursos humanos e, sobretudo, os espaços sociais, onde a educação convencional não contempla.

Os professores da Uninter Wilson da Silva e Márcia Regina Mocelin foram os mediadores da mesa de debates. Os temas tratados no simpósio e seus respectivos expositores foram os seguintes:

  • A atuação do professor no contexto hospitalar – Maria Madalena Tenório da Silva Dias, graduanda de Licenciatura em Pedagogia.
  • O educador social no processo de construção de vínculos com crianças em situação de vulnerabilidade – Tatiana de Cosmo Martins, diretora da ONG De Mãos Unidas.
  • Pedagogo na escola no limite da razão – Cristiane Rodrigues Ferreira, professora da rede estadual.

A próxima atividade do polo CIC será de 22 a 24 deste mês, 19h às 22h, com o tema Conflito entre os gêneros na Educação Física Escolar: um desafio para os docentes.

Edição: Mauri König

Embed HTML not available.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *