MESTRADO

Ilhas de aprendizagem no setor automotivo

Milton da Silva Brito defendeu no último dia 24 de maio a sua dissertação no programa de Mestrado em Educação e Novas Tecnologias da Uninter. O trabalho “Gestão corporativa e aprendizagem organizacional por meio de ilhas de aprendizagem – um modelo de referência” analisa os métodos de ensino aprendizagem na Renault, na área operacional da empresa. A defesa da banca ocorreu no campus Divina da instituição, em Curitiba.

O trabalho consiste em analisar os métodos de produção e aplicar ilhas de aprendizagem com as atuais ferramentas tecnológicas de ensino e aprendizagem. Durante dois anos da produção do mestrado, Milton percebeu que na área de manufatura da empresa há pouco acesso às ferramentas, o que acaba prejudicando o trabalho produzido. Desse modo, o objetivo é potencializar o processo de aprendizagem dos operadores da área operacional.

Segundo Milton, a dificuldade no trabalho de dissertação foi o tempo. “O processo de fabricação e produção no setor automotivo é muito grande. A cada 45 segundos uma peça é produzida. Então, o tempo é um fator extremamente relevante. Conseguir aplicar a pesquisa sem impacto, sem gerar perdas foi o grande desafio”, explica o mestrando.

Aos que desejam ingressar em um mestrado, Milton recomenda que já tenha um projeto em mente e muita dedicação, pois o mestrado demanda muito tempo.

Embed HTML not available.
Autor: Camila Toledo – Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König
Créditos do Fotógrafo: Camila Toledo – Estagiária de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *