Está buscando a sonhada liberdade financeira? Débora pode te ajudar

Autor: Bárbara Possiede - Estagiária de Jornalismo

Independência financeira: todos querem conquistar a sua. Mas o que poucos sabem é que ela só se torna possível quando os seus rendimentos financeiros são superiores ao seu custo de vida mensal.

Aluna de pós-graduação em Gestão de Projetos da Uninter, Débora Oliveira Aieta de Melo desenvolveu um artigo científico sobre o tema. Formada em tecnologia em informática, Débora redescobriu seu caminho aos 32 anos de idade, quando iniciou na área de finanças.

“Com 13 anos de idade eu tinha certeza do que queria: a área de informática. Aos 30 anos já não sabia de mais nada. Com 32 me encontrei na área de finanças. Em 2019, recebi o desafio que almejava e acabei migrando para a área de orçamento da tecnologia da informação”, explica.

Foi a partir do trabalho desenvolvido na pós-graduação da Uninter que ela lançou o livro A gestão de projetos na independência financeira. Através dele, a autora busca mostrar como transformar o sonho de liberdade financeira em projeto. Segundo ela, é preciso romper o ciclo de escravidão que as pessoas têm ao trabalhar apenas para pagar as contas e parar de acreditar que o padrão de vida deve ser determinado apenas pelo salário que recebem.

“Os brasileiros carecem de educação financeira. Não vemos com frequência, ainda hoje, este ensino nas escolas”, comenta Débora. “Independência financeira é se libertar! É passar a ter uma renda passiva que seja capaz de arcar com as suas despesas, é trocar de lugar, é fazer que seu dinheiro trabalhe por você. Muitos sonham com isso, mas poucos alcançam, porque não transformam em projeto”, conclui.

A expertise sobre o tema rendeu convites para a especialista palestrar em diversas empresas. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, ela participou da Semana de Educação Financeira da SulAmérica Seguros, empresa onde atua há 12 anos. “Fico feliz com a mudança e o impacto na vida das pessoas, recebo sempre feedbacks positivos. E o mais legal é que, ao final, o sentimento se parece com o meu: devia ter aprendido isso antes”, afirma.

Sobre a oportunidade de cursar a pós na Uninte, Débora relata que encontrou na modalidade a distância uma grande oportunidade. “Quando cursei a faculdade eu era muito nova e solteira, agora minha vida é outra, rotina puxada com marido, filhos e trabalho. A Uninter me mostrou que é possível. É preciso disciplina, mas consegui conciliar tranquilamente, escolhi um polo próximo ao meu trabalho e marcava as provas no horário de almoço”, explica.

Quer ficar por dentro das dicas de Débora? Adquira o livro e siga a autora no Facebook e YouTube.

Embed HTML not available.
Autor: Bárbara Possiede - Estagiária de Jornalismo
Edição: Mauri König
Revisão Textual: Jeferson Ferro
Créditos do Fotógrafo: Reprodução Facebook Débora Aieta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *