Perguntas Frequentes

Onde posso me inscrever para o vestibular?

Cursos presenciais
Pelo site uninter.com/graduacao-ead, no teleatendimento (0800 702 0500) ou nas Secretarias de Atendimento do Campus Tiradentes (R. Saldanha Marinho, 131 - Centro) e Carlos Gomes (R. Pedri Ivo, 504 - Centro)
 
Cursos semipresenciais
Pelo site uninter.com/graduacao-ead, no teleatendimento (0800 702 0500) ou no Campus Tiradentes (R. Saldanha Marinho, 131 - Centro).
 
Cursos a distância
Pelo site uninter.com/graduacao-ead, no teleatendimento (0800 702 0500) ou no Polo de Apoio Presencial da sua região.

A inscrição é paga?

Cursos presenciais
Inscrição isenta. 100% gratuita.
Cursos semipresenciais
Inscrição isenta. 100% gratuita.
 
Cursos a distância
Sim. Ao final da inscrição é gerado um boleto que pode ser pago diretamente no Polo de Apoio selecionado ou na rede bancária credenciada (bancos, lotéricas ou agências conveniadas).

A inscrição é valida apenas para um curso?

Sim, os candidatos realizam o vestibular apenas para uma das opções de cursos disponíveis. Aqueles que desejam frequentar dois cursos devem enviar solicitação para o e-mail vestibular@uninter.com

Onde é aplicada a prova do vestibular?

Cursos presenciais
No Campus Tiradentes (R.Saldanha Marinho, 131 – Centro).
 
Cursos semipresenciais
No Campus Tiradentes (R.Saldanha Marinho, 131 – Centro).
 
Cursos a distância
No Polo de Apoio Presencial escolhido por você no momento da inscrição. Em caso de dúvidas, consulte uninter.com/graduacao-ead, menu POLOS DE APOIO PRESENCIAL.

Como é a prova do vestibular?

Cursos presenciais
Redação para todos os cursos.
Redação + prova objetiva (10 questões de múltipla escolha) de matemática para:
Bacharelado em Engenharia de Produção
Bacharelado em Engenharia Elétrica com Ênfase em Eletrônica e Telecomunicações
Bacharelado em Engenharia da Computação
Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação 
Cursos semipresenciais
Redação para todos os cursos.
 
Cursos a distância
Redação para todos os cursos.
Redação + prova objetiva (10 questões de múltipla escolha) de matemática para:
Bacharelado em Engenharia de Produção
Bacharelado em Engenharia Elétrica com Ênfase em Eletrônica e Telecomunicações
Bacharelado em Engenharia da Computação
Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação 

Fui aprovado no vestibular, mas ainda não conclui o ensino médio. Posso me matricular?

Não. De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação só podem se matricular no ensino superior alunos com ensino médio completo. Você pode participar do vestibular para treinar e se preparar.

Posso mudar de curso depois do vestibular?

Cursos presenciais e semipresenciais
Sim, desde que haja vagas no curso de pretensão. Solicite a alteração pelo e-mail vestibular@grupouninter.com.br e aguarde o retorno do setor, que ocorre normalmente em até 2 dias úteis. Após a confirmação, efetive a matrícula já no curso solicitado.
 
Cursos a distância
Sim. Para isso basta acessar uninter.com/graduacao-ead/vestibular >> comprovante de inscrição, informar seu CPF e depois clicar em Atualizar Informações de Curso e Local. Caso já tenha gerado boleto antes ele não terá mais validade, passando a valer apenas o novo boleto gerado com as informações atualizadas. Caso o pagamento já tenha sido realizado, entre em contato com o departamento Financeiro (Gustavo: Gustavo.t@uninter.com) antes de efetuar a matrícula, solicitando o aproveitamento do crédito para o CURSO/POLO correto e a geração de saldo a pagar, se for o caso.

Como utilizo minha nota do ENEM para participar do processo seletivo?

No momento da inscrição selecione a opção SOMENTE ENEM e você concorrerá com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio, sem precisar participar do Vestibular.

Quais são as formas de ingressar nos cursos de graduação?

Além do vestibular, os candidatos podem utilizar a nota do ENEM ou também pedir transferência de outras instituições.

Onde posso me inscrever para o processo seletivo?

Cursos presenciais
Pelo site uninter.com, no teleatendimento (0800 702 0500) ou no Campus Garcez (R. Luiz Xavier, 103, Centro).
 
Cursos semipresenciais
Pelo site uninter.com, no teleatendimento (0800 702 0500) ou no Campus Garcez (R. Luiz Xavier, 103, Centro).
 
Cursos a distância
Pelo site uninter.com, no teleatendimento (0800 702 0500) ou no Polo de Apoio Presencial de sua escolha.

Posso mudar de curso depois de me matricular?

Sim. A solicitação deve ser feita por meio do ÚNICO até a segunda semana de aula e estará sujeita à disponibilidade de vaga no curso pretendido. O prazo para atendimento é de 10 dias a partir da confirmação de pagamento da taxa.
Solicite em: ÚNICO >> Taxas e Serviços >> Mudança de Curso de Ingresso
Não se esqueça de preencher o campo Observações com o curso destino pretendido.

Faço o curso a distância, posso trocar de Polo depois de me matricular?

Sim. Você pode solicitar transferência de Polo quando quiser, desde que esteja regularmente matriculado. O atendimento ao protocolo vai depender da existência de vaga no Polo de destino e você só poderá iniciar as aulas no novo Polo após deferimento da solicitação. O prazo para atendimento da solicitação é de 10 dias úteis a partir do pagamento da taxa e o deferimento por parte do acadêmico e do financeiro.
Atenção! Caso você seja beneficiário do PROUNI, consulte previamente o setor para verificar a disponibilidade de transferência da bolsa.
Solicite em: ÚNICO >> Taxas e Serviços >> Transferência de Polo

Ainda não conclui minha graduação, posso me matricular?

Não. É obrigatório apresentar o diploma no ato da inscrição.

Como posso me inscrever para o processo seletivo?

Acesse uninter.com/mestrado, selecione a opção desejada (Mestrado em Direito ou Educação e Novas Tecnologias), pague o boleto, preencha e imprima o comprovante de inscrição e leve-o pessoalmente até a Central de Atendimento, no campus Tiradentes (R. Saldanha Marinho, 131) com todos os documentos listados no edital (clique aqui para acessar).

Como funciona o processo seletivo?

Mestrado em Direito
Prova escrita (dissertativa) e entrevista (com análise de currículo e projeto de pesquisa).
 
Mestrado em Educação e Novas Tecnologias)
Prova escrita (dissertativa), prova de língua estrangeira (serão aceitos também os certificados de proficiência listados no edital), análise de currículo e anteprojeto de pesquisa e entrevista.

Como devo efetuar o pagamento das mensalidades?

Por meio de sistema bancário, mediante boleto bancário emitido pela Instituição e entregue na sua residência. O pagamento de boletos de mensalidades deve ser feito exclusivamente na rede bancária ou em lotérica. Os boletos de mensalidade poderão ser processados por diversos bancos diferentes, entre eles: Banco do Brasil e Itaú. Para qualquer dúvida ou desconfiança no recebimento de boletos, entre em contato imediatamente com o nosso setor de cobrança, em cobranca@uninter.com ou 0800 704 0501.

Não recebi o boleto, onde consigo a segunda via?

Caso não receba o boleto, a segunda via estará disponível no Único (unico.uninter.com).

Posso financiar meu curso?

Sim, cada modalidade possui opções específicas de financiamento. Você pode conferir todas elas em uninter.com/financiamento.

Como posso ganhar desconto nas mensalidades?

Além dos descontos para empresas conveniadas (acesse e confira a lista), você pode participar do Bônus Amigo UNINTER, nosso programa de indicação. Saiba como participar em uninter.com/amigos

Perdi meu emprego, mas não quero parar de estudar. Podem me ajudar?

Sim! Na UNINTER você conta com a Cobertura Financeira. Funciona assim: em caso de perda de emprego, nós cobrimos até 4 mensalidades e você só paga depois de se formar, sem juros. Para saber mais acesse aqui.

O que é um Centro Universitário?

De acordo com o Decreto 5.773/06 a denominação Centro Universitário é dada apenas para as Instituições de Ensino Superior pluricurriculares, que abrangem uma ou mais áreas do conhecimento, que se caracterizam pela excelência do ensino oferecido, comprovada pela qualificação do seu corpo docente e pelas condições de trabalho acadêmico oferecidas à comunidade escolar. Os centros universitários credenciados têm autonomia para criar, organizar e extinguir, em sua sede, cursos e programas de educação superior. Para mais informações acesse o site emec.mec.gov.br

O que é Credenciamento/Autorização/Reconhecimento?

São modalidades de atos autorizativos: credenciamento e recredenciamento de instituições de educação superior e de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos de graduação. (fonte: portal.mec.gov.br/)
Credenciamento e Recredenciamento
Para iniciar suas atividades, as instituições de educação superior devem solicitar o credenciamento junto ao MEC. De acordo com sua organização acadêmica, as IES são credenciadas como: faculdades, centros universitários e universidades. Inicialmente a IES é credenciada como faculdade. O credenciamento como universidade ou centro universitário, com as respectivas prerrogativas de autonomia, depende do credenciamento específico de instituição já credenciada, em funcionamento regular e com padrão satisfatório de qualidade. O primeiro credenciamento da instituição tem prazo máximo de três anos, para faculdades e centros universitários, e de cinco anos, para as universidades. O recredenciamento deve ser solicitado pela IES ao final de cada ciclo avaliativo do Sinaes, junto à Secretaria competente. (fonte: portal.mec.gov.br/)
Autorização
Para iniciar a oferta de um curso de graduação, a IES depende de autorização do Ministério da Educação. A exceção são as universidades e centros universitários que, por terem autonomia, independem de autorização para funcionamento de curso superior. No entanto, essas instituições devem informar à Secretaria competente os cursos abertos para fins de supervisão, avaliação e posterior reconhecimento. (art. 28, § 2° do Decreto nº 5.773, de 9 de maio de 2006). (fonte: portal.mec.gov.br/)
 
Reconhecimento e Renovação de Reconhecimento
O reconhecimento deve ser solicitado pela IES quando o curso de graduação tiver completado 50% de sua carga horária. O reconhecimento de curso é condição necessária para a validade nacional dos respectivos diplomas. (fonte: portal.mec.gov.br/)

Qual a legalidade do Centro Universitário Internacional UNINTER?

Conforme Portaria nº 688, do Ministério da Educação (MEC) publicada no Diário Oficial da União – D.O.U. de 28 de maio de 2012 a Faculdade Internacional de Curitiba FACINTER e a Faculdade de Tecnologia Internacional – FATEC Internacional, instituições que compunham o Grupo Educacional UNINTER passam a ser o Centro Universitário Internacional UNINTER. De acordo com a legislação, o Centro Universitário UNINTER possui autonomia para criar novos cursos, sem que a autorização precise passar pelo MEC. Além disso, poderá emitir e registrar diplomas dos formados e poderá desenvolver programas de iniciação científica, pesquisas, programas de mestrados, entre outras ações.

Os cursos ofertados são reconhecidos pelo MEC?

O reconhecimento do curso pelo MEC é solicitado pelo Centro Universitário após o início da primeira turma. A partir do momento em que é solicitada a visita de avaliação junto ao MEC, dá-se início ao processo de reconhecimento. Muitos deles já são reconhecidos. Verifique o andamento do processo de cada um dos cursos no site emec.mec.gov.br

Quem registra e emite os diplomas do Centro Universitário Internacional UNINTER?

Com o credenciamento do Centro Universitário UNINTER, os diplomas dos alunos são registrados e emitidos pela própria instituição. Os Centros Universitários atendem às disposições do Decreto nº 5.786, de 24 de maio de 2006, o qual determina que os centros universitários poderão registrar diplomas dos cursos por eles oferecidos. O registro de diploma de graduação é o ato formal que dá validade nacional ao documento expedido pelas IES.

Os cursos ofertados são autorizados pelo MEC?

Os Centros Universitários possuem autonomia para abrir novos cursos, dessa forma não há necessidade de autorização prévia do poder público para oferecer cursos superiores. Todos os cursos que o UNINTER oferece são autorizados pelo MEC, por meio da sua Autonomia como Centro Universitário.

Como funcionam os cursos a distância na UNINTER?

As aulas são transmitidas via satélite e você pode escolher como assistir: nas salas do Polo de Apoio Presencial, com horários pré-determinados, ou pela internet, na Univirtus, nossa plataforma digital. Além das aulas, ela conta também com todo o suporte para você tirar dúvidas e se comunicar com outros alunos e centenas de materiais complementares, para se aprofundar nos assuntos abordados durante a aula. Experimente a Univirtus em http://univirtus-277877701.sa-east-1.elb.amazonaws.com/

O diploma é diferente do presencial?

Não. Os diplomas de cursos a distância são idênticos aos de cursos presenciais.

Como acesso a UNIVIRTUS?

Pelo navegador, acesse ava.grupouninter.com.br
Pelo smartphone ou tablet, baixe o aplicativo na loja oficial (no momento, somente para aparelhos Android).

Os cursos são reconhecidos pelo MEC?

Sim, os cursos a distância passam por credenciamento, assim como os presenciais.

O curso é reconhecido pelo MEC?

Sim, os cursos semipresenciais passam por credenciamento, assim como os presenciais.

O diploma é diferente do presencial?

Não. Os diplomas de cursos semipresenciais são idênticos aos de cursos presenciais.

Como acesso a UNIVIRTUS?

Pelo navegador, acesse ava.grupouninter.com.br
Pelo smartphone ou tablet, baixe o aplicativo na loja oficial (no momento, somente para aparelhos Android).

Como funcionam os cursos semipresenciais?

Nesta modalidade você acessa as aulas via Univirtus, nossa plataforma digital e estuda como quiser nos cursos a distância. Duas vezes por semana, vai até o campus para participar de atividades práticas que complementam o que foi visto em aula e pode também aproveitar para tirar dúvidas.

Quem compõe o grupo familiar?

Pai, mãe, irmão (a), enteado, avô, avó, madrasta e padrasto.

Devo apresentar Histórico Escolar?

Sim, comprovando todos os períodos letivos estudados em instituição pública ou privada na condição de bolsista integral.

Qual renda per capita para concorrer à bolsa parcial e integral?

Parcial: não ultrapassar três salários mínimos por pessoa. Integral: não ultrapassar um salário mínimo e meio por pessoa.

Em relação à moradia, se for cedida como devo proceder?

Apresentar declaração de casa cedida do proprietário do imóvel registrado em cartório com duas testemunhas acompanhado do carnê do IPTU em nome do proprietário.

Como comprovar pensão alimentícia?

Com determinação judicial.

Quais são as fases do processo seletivo do Prouni 1º/2014?

Inscrição: o aluno se inscreve no site do Prouni Pré-seleção: o Prouni pré-seleciona os candidatos que obtiveram melhores notas no Enem. Confirmação de dados: se for pré-selecionado, o candidato deve comprovar seus dados com a instituição de ensino, enviando a documentação solicitada. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implica na sua reprovação. Concessão da bolsa: confirmadas as informações, o candidato pode assinar o Termo de Concessão de Bolsa do Prouni, tornando-se bolsista.

É preciso fazer vestibular para concorrer a uma bolsa do Prouni?

Não. O candidato à bolsa do Prouni não precisa fazer vestibular nem estar matriculado na instituição em que pretende se inscrever. Entretanto, é facultado às instituições participantes do Programa submeterem os candidatos pré-selecionados a um processo seletivo específico e isento de cobrança de taxa. Essa informação estará disponível ao candidato, no momento da inscrição.

Se não houver formação de turma para o curso em que fui pré-selecionado?

A bolsa do Prouni só poderá ser concedida ao candidato caso haja formação de turma no período letivo inicial do curso, o que ocorrerá somente se houver o número necessário de alunos matriculados para a formação de uma turma inicial. Os candidatos pré-selecionados para cursos nos quais não houver formação de turma serão reprovados, tendo direito à bolsa apenas nos casos em que já estiverem matriculados no respectivo curso. Os candidatos reprovados por não formação de turma continuarão concorrendo nas chamadas seguintes, e em caso de não serem pré-selecionados, poderão manifestar interesse em participar da Lista de Espera do Prouni.

O que é renda bruta?

Total dos vencimentos ou proventos. É somente descontado férias, décimo terceiro salário, participação nos lucros e nos resultados (se este recebível anualmente, se mensalmente também contato como renda).

Como comprovar quando não possui renda?

Com cópia da carteira de trabalho das seguintes páginas: parte da foto, dados pessoais e o último registro, próxima página em branco e declaração reconhecida em cartório de não obtenção de renda com duas testemunhas.

É possível escolher qualquer curso em qualquer instituição?

Sim, desde que a instituição escolhida seja participante do Prouni. Ao fazer sua inscrição, o candidato escolhe até duas opções de curso, turno e instituição de ensino superior, dentre as disponíveis conforme seu perfil socioeconômico. Assim é necessária muita atenção ao efetuar as opções de curso e turno da inscrição no Prouni, pois após a pré-seleção a matrícula deverá ser efetuada única e exclusivamente no perfil aprovado.

O FIES financia todos os cursos?

O financiamento é concedido aos estudantes matriculados em Cursos Presenciais com avaliação positiva nas avaliações do Ministério da Educação. São considerados cursos com avaliação positiva os Cursos de Graduação que obtiverem conceito maior ou igual a 03 (Três) no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), Instituído Pela Lei Nº 10.861, de 14 de abril de 2004. Para verificação dos critérios de qualidade do curso, serão considerados: O conceito de curso (CC); O conceito preliminar de curso (CPC), na hipótese de inexistência do CC; O conceito obtido pelo curso no exame nacional de desempenho dos estudantes (ENADE), na hipótese de inexistência do CC e do CPC. Serão considerados os conceitos mais recentes publicados. Os cursos que ainda não possuam os conceitos citados acima e que estejam autorizados para funcionamento, segundo cadastro do MEC, poderão participar do programa.

Qual é a taxa de juros do FIES?

A taxa de juros do FIES é de 6,5% ao ano para todos os cursos.

O que é a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA)?

A comissão permanente de supervisão e acompanhamento (CPSA) é responsável pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição, bem como pela validação das informações prestadas pelos estudantes quando dos aditamentos dos contratos. Cada local de oferta de cursos da instituição de ensino deverá constituir uma comissão permanente de supervisão e acompanhamento do fies (CPSA). A comissão será composta por cinco membros, sendo dois representantes da instituição de ensino, dois representantes da entidade máxima de representação estudantil da instituição de ensino e um representante do corpo docente da instituição de ensino. Os representantes da comissão deverão integrar o corpo docente, discente e administrativo do local de oferta de cursos. Caso não exista entidade representativa dos estudantes no local de oferta de cursos, os representantes estudantis serão escolhidos pelo corpo discente da instituição.

É necessário ter um fiador para ter acesso ao financiamento?

Os alunos bolsistas parciais do PROUNI, ou que estejam matriculados em cursos de licenciatura ou que tenham renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio podem optar pelo Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC), no momento da sua inscrição, ficando dispensados da exigência do fiador. Nos demais casos é exigida a apresentação de um fiador. Existem dois tipos de fiança: A Fiança Tradicional e a Fiança Solidária.

O que é a Fiança Convencional?

A Fiança Convencional é aquela prestada por até dois fiadores apresentados pelo estudante ao agente financeiro, observadas as seguintes condições: No caso de estudante beneficiário de bolsa parcial do PROUNI, o(s) fiador(es) deverá(ão) possuir renda mensal bruta conjunta pelo menos igual à parcela mensal da semestralidade, observados os descontos regulares e de caráter coletivo oferecidos pela IES, inclusive aqueles concedidos em virtude de pagamento pontual. Nos demais casos, o(s) fiador(es) deverá(ão) possuir renda mensal bruta conjunta pelo menos igual ao dobro da parcela mensal da semestralidade.

O que é a Fiança Solidária?

A Fiança Solidária constitui-se na garantia oferecida reciprocamente por estudantes financiados pelo FIES reunidos em grupo de três a cinco participantes, em que cada um deles se compromete como fiador solidário da totalidade dos valores devidos individualmente pelos demais. O grupo de fiadores solidários deve ser constituído no agente financeiro (instituição bancária) no ato da contratação do financiamento por parte dos estudantes. Cada estudante poderá participar de apenas um grupo de fiadores solidários, sendo vedado aos membros do grupo o oferecimento de outro tipo de fiança a qualquer estudante financiado pelo FIES.

O que é o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo?

O fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC) é uma opção para os candidatos ao FIES em que não há a necessidade de apresentação de fiadores e tem como objetivo facilitar o trâmite para a contratação do financiamento. Independente do agente financeiro escolhido, os estudantes aptos poderão fazer a opção pelo fundo. Atualmente, são agentes financeiros do FIES a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. Para a constituição do grupo da fiança solidária, não será exigida comprovação de rendimentos dos membros do grupo. Os membros do grupo de fiadores solidários devem obrigatoriamente ser estudantes da mesma instituição de ensino, matriculados no mesmo local de oferta de cursos.