Ocorre quando o aluno não se forma no tempo máximo possível. Nesses casos, o aluno é automaticamente jubilado e perde o vínculo com a Instituição.

Funciona assim:

Exemplo 01:

Cada curso tem um tempo mínimo e máximo para conclusão. Se o seu curso tem duração de 2 anos esse seria o mínimo e o máximo somando mais 2 anos, o que totaliza os 4 anos de integralização do curso, onde ocorre o jubilamento.


Exemplo 02:

Cada curso tem um tempo mínimo e máximo para conclusão. Se o seu curso tem duração de 4 anos esse seria o mínimo e o máximo somando mais 2 anos, o que totaliza os 6 anos de integralização do curso, onde ocorre o jubilamento.


Última atualização em 18/12/2017