Ejaculação precoce: existe tratamento?

Noemia dos Santos Nascimento, Laysa Nayara De Oliveira Leitão, Magda Wacemberg Silva Santos, Ananda Kauanne Costa da Silva, Lásara Maria Pereira, Francisco Aleudo Teles

Resumo


RESUMO

A ejaculação precoce é a dificuldade em perceber as sensações que antecedem ao orgasmo, ocorrendo antes ou dentro de um minuto após a penetração, causando angústia, incômodo e frustração. O presente artigo teve como base uma pesquisa de revisão bibliográfica, a partir de base de dados da Biblioteca Virtual em Saúde – BVS, em sites como SCIELO, LILACS, BIREME e livros com edições atualizadas sobre os assuntos pertinentes ao tema. O objetivo desse estudo consiste em verificar se existe na literatura tratamento para ejaculação precoce. Apesar de não existir um tratamento específico para a ejaculação precoce, os estudos indicam como tratamento de primeira linha as terapias comportamentais, associadas ou não à farmacoterapia, de acordo com o quadro clínico do paciente. Dentre as drogas mais utilizadas encontram-se a trazadona, os inibidores seletivos de recaptação de serotonina, clomipramida, alfa bloqueadores, anestésicos tópicos e os antidepressivos tricíclicos. Por meio deste estudo, verifica-se a necessidade de mais estudos sobre a temática em nosso país, tendo em vista sua relevância e as incertezas sobre o tratamento mais eficaz.

Palavras-chave: Ejaculação. Ejaculação Precoce. Disfunções sexuais. Ejaculação/fisiologia. Ejaculação/tratamento.

ABSTRACT

Premature ejaculation is the difficulty in perceiving the preceding sensations that lead to orgasm, occurring before or within a minute after penetration, which causes distress, annoyance and frustration. The present article was based on a research of literature review from the database of the Biblioteca Virtual em Saúde – BVS, on sites such as SCIELO, LILACS, BIREME and books with upgraded editions on issues related to the theme. The aim of this study is to verify if there is treatment for premature ejaculation on literature. Although there is no specific treatment for premature ejaculation, studies indicate behavioral therapies as first line treatment associated or not with pharmacotherapy, according to the patient's condition. Among the most commonly used drugs are the trazadone, the selective inhibitors of serotonin reuptake, clomipramine, alpha blockers, topical anesthetics, and tricyclic antidepressants. Through this study there is a need for more studies on this subject in our country, in view of its relevance and uncertainty about the most effective treatment.

Key words: Ejaculation. Premature Ejaculation. Sexual dysfunctions. Ejaculation/ physiology. Ejaculation/ treatment.

RESUMEN

La eyaculación precoz es la dificultad en percibir las sensaciones que preceden al orgasmo, que ocurre antes o dentro de un minuto después de la penetración, causando dolor, incomodidad y frustración. Este artículo se basa en un estudio de revisión de la literatura, de la base de datos de biblioteca Virtual en Salud – BVS, en sitios como SCIELO, LILACS, BIREME y libros condiciones actualizadas sobre los temas pertinentes al tema. El objetivo de este estudio es comprobar si hay en la literatura tratamiento eyaculación precoz. A pesar del hecho de que no existe un tratamiento específico para la eyaculación precoz, los estudios indican como tratamiento de primera línea las terapias conductuales, asociados o no con la farmacoterapia, de acuerdo con el cuadro clínico del paciente. Entre los fármacos más utilizados se encuentra a trazadona, los inhibidores selectivos de recaptación de serotonina, clomipramida, bloqueadores alfa, anestésicos tópicos y antidepresivos tricíclicos. A través de este estudio, se verifica la necesidad de realizar más estudios sobre este tema en nuestro país, con el fin la relevancia y las incertidumbres sobre el tratamiento más eficaz.

Palavras-chave: Eyaculación. Eyaculación Precoz. Disfunciones sexuales. Eyaculación/fisiología. Eyaculación/tratamiento.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.