Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista Saúde e Desenvolvimento?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A área de interesse da revista é a Saúde. Além disso o autor deve observar a linha editorial da revista, a qual prioriza para a organização dos temas das seguintes temáticas: "Saúde Coletiva" e "Ciências Biológicas".

  2. Políticas de submissão

    A Saúde e Desenvolvimento tem edição semestral e aceita para publicação trabalhos de pesquisa cujo principal requisito é que ele seja de fato um veículo de contribuição científica. Por isso, entende-se que:

    • O desenvolvimento do artigo deve ser consistente, embasado em princípios de construção científica do conhecimento;
    • O texto deve ser embasado em um referencial teórico-conceitual;
    • Afirmações, opiniões e conceitos expressados nos artigos são de responsabilidade dos autores;
    • Todos os artigos serão submetidos à Comissão Editorial da revista e avaliação dos pares;
    • Deverá constar, no final dos trabalhos, o endereço completo, afiliação, telefone e e-mail, para encaminhamento de correspondências pela Comissão Editorial.
  3. Critérios para publicação

    O autor deve asssegurar que:

    • Sua contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
    • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
    • URLs para as referências foram informadas quando possível.
    • O texto está em espaço 1,5; usa a fonte Arial tamanho 12; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
    • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
  4. Tipos de documentos aceitos para publicação

    A Revista Saúde e Desenvolvimento aceita para publicação:

    • Artigos de desenvolvimento teórico;
    • Trabalhos empíricos;
    • Ensaios e resenhas.

    Os artigos de desenvolvimento teórico são embasados em pesquisa bibliográfica, propondo novos modelos e interpretações de fatos relevantes para a comunidade acadêmica.

    Os trabalhos empíricos são embasados em pesquisas metodologicamente fundamentadas, criteriosamente conduzidas e adequadamente analisadas.

    Os ensaios e resenhas são formas mais livres de contribuição científica. Devem ser caracterizados por abordagens críticas e, por vezes, criativas, levando os leitores à reflexão sobre temas relevantes na área de conhecimento.

  5. O processo de avaliação consta de três etapas:

    • Avaliação preliminar pelo Conselho Editorial, que examina a adequação do trabalho à linha editorial da revista e área temática;
    • Encaminhamento ao Conselho Científico da revista para aval de publicação. Aqui é feita a avaliação cega por pares, que consiste em uma avaliação efetuada por um professor cuja área de atuação coincide com o tema de pesquisa abordado pelo trabalho a ser avaliado, e sem conhecimento do autor do trabalho que ele está avaliando. Assim, esse professor, que deverá ter a titulação de doutor, podendo ser um professor da instituição ou professor ad hoc, dá o parecer que a revista envia ao autor;
    • Revisão gramatical e ortográfica, bem como bibliográfica.
  6. Critérios a serem considerados para avaliação:

    • Qualidade da redação e domínio da língua;
    • Qualidade no conteúdo apresentado: clareza na exposição das idéias, articulação entre as proposições, explicações claras para o leitor;
    • Referencial teórico-conceitual: deve refletir o conhecimento na área determinada;
    • Estrutura do texto: introdução/apresentação; fundamentação teórica e desenvolvimento; discussão; resultados/condierações finais;
    • Tema: deve ser relevante e pertinente ao contexto abordado, ao momento e à pesquisa desenvolvida;

     

  7. Os artigos de desenvolvimento teórico e artigos baseados em pesquisas empíricas devem ter até 28 mil caracteres; e ensaios e resenhas de 3.000 a 8.000 caracteres.

    Em relação à estruturação, o artigo deveconsiderar o seguinte:

    1. 1. APRESENTAÇÃO E FORMATAÇÃO

     

    1.1 Tipo de arquivo e formatação básica

    • Arquivo on-line em formato A4;
    • Editor de texto: Word for Windows;
    • Margens superior e esquerda: 3 cm, margens inferior e direita: 2 cm;
    • Fonte: Arial tamanho 12;
    • Parágrafo: entre linhas: 1,5;
    • Alinhamento justificado;

    1.2 Ilustrações

    As ilustrações (gráficos, desenhos, etc.) devem ser limitados ao mínimo indispensável (imagens digitalizadas devem ser enviadas em JPG, resolução 300 dpis), e em algarismos arabicos numerados na sequencia e com a fonte.

    1.3 Numeração de tabelas e quadros

    As tabelas e quadros numerados consecutivamente em algarismos arábicos, com legenda.

    1.4 Notas de rodapé

    As notas de rodapé serão indicadas por números arábicos e restritas ao mínimo indispensável.

    1.5 Referências

    Devem ser citadas no corpo do texto com indicação do sobrenome, ano e página de publicação. As referências bibliográficas completas deverão ser apresentadas em ordem alfabética no final do texto, de acordo com as normas da ABNT (NBR-6023).

    2 ESTRUTURA DO TEXTO

    2.1 Identificação do artigo

    • Título

    Título do artigo em português: a primeira letra do título é maiúscula e as demais minúsculas; negrito; fonte Arial; tamanho 18; parágrafo centralizado).

    Título do artigo em língua estrangeira (inglês, francês ou espanhol): a primeira letra do título é maiúscula e as demais minúsculas; itálico; fonte Arial; tamanho 18; parágrafo centralizado.

    Obs.: O título deve conter no máximo 12 palavras, sendo suficientemente específico e descritivo.

    • Nome do(s) autor(es) e minicurrículo

    Apresentação concisa dos pontos relevantes de um documento. (BR 6022:2003). Parte inicial do artigo, onde devem constar a delimitação do assunto tratado, os objetivos da pesquisa e a metodologia utilizada para alcançá-los.

    Colocar o nome completo do autor (Arial 12, negrito, parágrafo centralizado).

    Indicar, logo abaixo do nome do autor, a titulação, afiliação e cargos que indiquem grau de responsabilidade em relação ao assunto tratado no artigo.

    2.2 Resumo

    É a apresentação sintetizada dos pontos principais do texto, destacando as considerações emitidas pelo autor. Observar NBR 6028 da ABNT, 1987 (no máximo 250 palavras).

    Para padronizar as palavras-chave utilizar os Thesaurus da área de atuação correspondente. O número de descritores desejado é de no mínimo 3 e no máximo 5.

    IMPORTANTE: Tanto o resumo como as palavras-chave devem constar no artigo em português eem língua estrangeira (inglês, francês ou espanhol). Assim, no caso da língua inglesa por exemplo, depois do "Resumo" e "Palavras-chave", o artigo deve ter o "Abstract" e as "Key-words".

    2.3 Corpo do texto

    Introdução:

    Apresentação concisa dos pontos relevantes de um documento. (BR 6022:2003). Parte inicial do artigo, onde devem constar a delimitação do assunto tratado, os objetivos da pesquisa e a metodologia utilizada para alcançá-los.

    Parte principal do artigo, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto tratado. Divide-se em seções e subseções, conforme a NBR 6024, que variam em função da abordagem do tema e do método.

    O desenvolvimento ou parte principal do artigo, nas pesquisas de campo, é onde são detalhados itens como: tipo de pesquisa, população e amostragem, instrumentação, técnica para coleta de dados, tratamento estatístico, análise dos resultados, entre outros, podendo ser enriquecido com gráficos, tabelas e figuras. O título dessa seção, quando for utilizado, não deve estampar a palavra “desenvolvimento” nem “corpo do trabalho”, sendo escolhido um título geral que englobe todo o tema abordado na seção, e subdividido conforme a necessidade.

    Análise dos Resultados

    Os resultados devem ser analisados tendo em vista o objetivo. Entretanto, deve‐se evitar “forçar” os dados para obter a conclusão desejada. Se o método foi definido adequadamente, o estudo terá produzido resultados objetivos, que, na maioria dos casos, levarão de forma lógica à comprovação ou negação da hipótese testada.

    Resultados: devem oferecer uma descriminação sintética das novas descobertas, com pouco parecer pessoal.

    Conclusão

    Parte final do artigo, na qual se apresentam as conclusões correspondentes aos objetivos e hipóteses. (NBR 6022:2003). Finalização onde são apresentadas as conclusões alcançadas com a pesquisa deve guardar proporções de tamanho e conteúdo conforme a magnitude do trabalho apresentado. A conclusão deve limitar‐se a explicar brevemente as ideias que predominaram no texto como um todo, sem muitas polêmicas ou controvérsias, incluindo, no caso das pesquisas de campo, as principais considerações decorrentes da análise dos resultados. O autor pode nessa parte, conforme o tipo e objetivo da pesquisa, incluir no texto algumas recomendações gerais acerca de novos estudos, sensibilizar os leitores sobre fatos importantes, sugerir decisões urgentes ou práticas mais coerentes de pessoas ou grupos, dentre outras considerações finais.

    Referências

    Somente as citações que figuram no texto devem ser referenciadas. Trabalhos em fase de elaboração devem vir acompanhados da expressão “in press”. Dados não publicados devem vir acompanhados pela expressão “unpublished observations”; neste caso, uma carta do autor deve ser fornecida. As referências no final do trabalho devem ser organizadas e apresentadas em ordem alfabética de acordo com o sobrenome do primeiro autor. Para elaboração das referências deve ser observada a norma NBR 6023 da ABNT, 2002.

    2.4 Endereço para envio do artigo

    O artigo deve ser enviado por postagem no site da revista, após cadastramento do usuário (neste caso, cadastramento do autor).

  8. Os autores podem acompanhar todos os passos da avaliação pelo sistema, basta eles estarem cadastrados.

 

Declaração de Direito Autoral

CONTRATO DE LICENCIAMENTO NÃO ONEROSO DE OBRA LITERÁRIA PARA PUBLICAÇÃO EM PERIÓDICO CIENTÍFICO

Pelo presente instrumento particular, de um lado como LICENCIADA, CENECT – CENTRO INTEGRADO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 02.261.854/0001-57, com sede na Rua Saldanha Marinho, 131, Bairro Centro, cidade de Curitiba, estado do Paraná, CEP 80.410-150, mantenedor do CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER credenciado pela Portaria Ministerial 688 de 25/05/2012, adiante denominado LICENCIADO, por seu representante EDIMILSON PICLER, brasileiro, casado, administrador de empresas, portador da Cédula de Identidade Civil RG nº 3.209.167-9 SSP/PR, inscrito no CPF/MF sob o nº 456.731.959-15, com endereço na Rua Francisco Nadolny, 100, Campina do Siqueira, Curitiba/PR,

E de outro, como AUTOR e LICENCIANTE: CCCCCCCCCCCC, brasileiro, professor, portador de RG n.º (xxx), inscrito no CPF/MF sob o n.º (xxx), residente e domiciliado a Rua SSSSS, 1170, Apto 13, Bairro Alto da Rua XV, Município de Curitiba, Estado do Paraná.

CONSIDERANDO QUE,

O AUTOR/LICENCIANTE é titular exclusivo dos direitos autorais integrais sobre a obra “TÍTULO DA OBRA” e que possui interesse em sua publicação na Revista científica Intitulada “ TITULO DA REVISTA” de titularidade do LICENCIADO, RESOLVEM;

Ajustar o presente CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE OBRA LITERÁRIA, em observância da legislação vigente, que se regerá pelas cláusulas e condições seguintes:

I – DO OBJETO DO CONTRATO

CLÁUSULA PRIMEIRA – Trata-se o objeto do presente contrato o LICENCIAMENTO NÃO ONEROSO DA OBRA LITERÁRIA “TITULO DA OBRA”, para inserção na obra “TÍTULO DA REVISTA”, de titularidade da LICENCIADA.

CLÁUSULA SEGUNDA – A presente licença refere-se exclusivamente a publicação constante da cláusula primeira e não será utilizada para outros fins que não este ora licenciado.

II – DA OBRA LICENCIADA PROPRIAMENTE DITA

CLÁUSULA TERCEIRA – A obra de que trata o presente contrato preenche neste momento os requisitos de publicação, declarando o AUTOR/LICENCIANTE ser a obra original e o mesmo seu legítimo criador, detendo a autoria ou titularidade dos direitos autorais patrimoniais e morais da obra, respondendo perante terceiros ou ao LICENCIADO por qualquer espécie de infração à direitos autorais de terceiros que venha a ser pleiteada em virtude deste uso ora autorizado.

III – DA NÃO ONEROSIDADE DESTA LICENÇA

CLÁUSULA QUARTA – Considerando o caráter científico da revista “TÍTULO DA REVISTA” ajustam que o licenciamento da obra é realizada sem ônus financeiro ao LICENCIANTE, ou seja, fica o memso dispensado de remunerar de qualquer forma o AUTOR/LICENCIANTE, ficando contudo a seu inteiro e exclusivo encargo todas as despesas de publicação, tais como: revisão, diagramação, capa, distribuição, etc, não podendo ser exigido do LICENCIANTE qualquer espécie de contribuição financeira para cumprimento destas exigências.

IV – DA AUSÊNCIA DE EXCLUSIVIDADE

CLÁUSULA QUINTA - O licenciamento da obra tratada no presente contrato é realizada SEM EXCLUSIVIDADE em favor do LICENCIADO, facultando-se ao AUTOR/LICENCIANTE proceder a utilização patrimonial da obra ora licenciada, mencionando, contudo esta licença.

V - DO FORO

CLÁUSULA SEXTA – Para solucionar eventuais litígios decorrentes do presente contrato, as partes elegem o foro da Comarca de Curitiba/PR, renunciando a qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

Por estarem justos e contratados, assinam o presente contrato em duas vias de igual teor, juntamente com duas testemunhas, tornando-o valioso juridicamente.

Curitiba, de de 2012.

___________________________________

AUTOR/ LICENCIANTE

AUTOR

 

LICENCIADO

TESTEMUNHAS

_________________________________

Nome:

RG:

CPF:

________________________________

Nome:

RG:

CPF:

 

 

 

 

 

 

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

 


ISSN: 2316-2864