Políticas Editoriais

Foco e Escopo

  • Trata-se de um periódico semestral que objetiva constituir-se em um instrumento de comunicação, divulgação e intercâmbio de práticas, reflexões e resultados de pesquisas no Campo do Meio Ambiente.

Missão

Publicar e disseminar produtos do trabalho científico que sejam relevantes para a Questão Ambiental, provenientes das atividades de ensino e pesquisa oriundos da produção de docentes e pesquisadores.

A Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade está aberta a colaborações nacionais e internacionais

Público alvo

O público-alvo é composto por acadêmicos: professores, pesquisadores e estudantes das áreas referidas.

Refere-se, portanto, a um público que busca informações precisas e aprofundadas sobre os temas de seu interesse. Por isso, aRevista Meio Ambiente e Sustentabilidade terá como foco materiais que tratem os conteúdos com determinada profundidade de análise e complexidade científica.

Políticas de submissão

A Revista é uma publicação semestral que aceita para publicação trabalhos de pesquisa cujo principal requisito é que ele seja de fato um veículo de contribuição científica. Por isso, entende-se que:

  • O desenvolvimento do artigo deve ser consistente, embasado em princípios de construção científica do conhecimento;
  • O tema tratado deve ser relevante e pertinente ao contexto abordado, ao momento e à pesquisa desenvolvida;
  • Afirmações, opiniões e conceitos expressados nos artigos são de responsabilidade dos autores;
  • Todos os artigos serão submetidos à Comissão Editorial da revista e avaliação dos pares;
  • Deverá constar, no final dos trabalhos, o endereço completo, afiliação, telefone e e-mail, para encaminhamento de correspondências pela Comissão Editorial.

Tipos de documentos aceitos para publicação

A Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade aceita para publicação:

  • Artigos de desenvolvimento teórico;
  • Trabalhos empíricos;
  • Ensaios e resenhas.

Os artigos de desenvolvimento teórico são embasadosem pesquisa bibliográfica, propondo novos modelos e interpretações de fatos relevantes para a comunidade acadêmica.

Os trabalhos empíricos sãoembasados empesquisas metodologicamente fundamentadas, criteriosamente conduzidas e adequadamente analisadas.

Os ensaios e resenhas são formas mais livres de contribuição científica. Devem ser caracterizados por abordagens críticas e, por vezes, criativas, levando os leitores à reflexão sobre temas relevantes na área de conhecimento.

 

Políticas de Seção

Editorial

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ensaio

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Pareceristas da edição

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos enviados para avaliação devem ser inéditos e não estar em processo de avaliação em nenhuma outra publicação ou evento.

O processo de avaliação consta de três etapas:

  • Avaliação preliminar pelo Conselho Editorial, que examina a adequação do trabalho à linha editorial da revista e área temática;
  • Encaminhamento ao Conselho Científico da revista para aval de publicação. Aqui é feita a avaliação por pares, que consiste em uma avaliação efetuada por um professor cuja área de atuação coincide com o tema de pesquisa abordado pelo trabalho a ser avaliado. Assim, esse professor, que deverá ter a titulação de doutor, podendo ser um professor da instituição ou professor ad hoc, dá o parecer que a revista envia ao autor;
  • Revisão gramatical e ortográfica, bem como bibliográfica.

Critérios a serem considerados para avaliação:

  • Qualidade da redação e domínio da língua;
  • Qualidades no conteúdo apresentado: clareza na exposição das idéias, articulação entre as proposições, explicações claras para o leitor;
  • Referencial teórico-conceitual: deve refletir o conhecimento na área determinada;
  • Estrutura do texto: Introdução/Apresentação, Fundamentação teórica e desenvolvimento, Discussão e resultados;
  • Tema: deve ser relevante e pertinente ao contexto abordado, ao momento e à pesquisa desenvolvida;
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço 1,5; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Os autores podem acompanhar todos os passos da avaliação pelo sistema, basta eles estarem cadastrados. Estima-se um prazo máximo de 45 dias, desde o recebimento até o primeiro parecer sobre o artigo.

 

Periodicidade

A Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade é semestral, com publicações de dois números anuais, jan./jun. e jul./dez.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

REVISTA MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE



ISSN: 2316-2856