O feminino no caderno Ciência e Saúde do jornal Folha de São Paulo

Guilherme de Paula Pires

Resumo


Ao tomar como base o Projeto de Monitoramento de Mídia Global (WACC), realizado desde 1995, o presente artigo se desenvolve com o objetivo de verificar a inserção e a participação feminina no caderno Ciência e Saúde, do jornal Folha de São Paulo, periódico de maior circulação no país. O presente artigo parte da hipótese de que as mulheres são maioria nessa especialidade jornalística. Embora, ao observar os resultados da coleta, indicarem o contrário. O que, por consequência, vem a confirmar a disparidade tanto no que se refere à produção, ou seja, o jornalista responsável por escrever as notícias e reportagens, quanto à escolha das fontes presentes nos trabalhos jornalísticos do referido caderno pesquisado.

DOI: http://dx.doi.org/10.21882/ruc.v4i7.614

Recebido: 15/04/2016

Publicado: 07/12/2016

 


Referências


BANDEIRA, Lourdes. A contribuição da crítica feminista a ciência. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, Janeiro - Abril. 2008.

GUEDES, Moema de Castro. Bolsas e bolsistas de produtividade do CNPQ: Uma análise de gênero. 14° Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia, UFMG, Belo Horizonte. 2014.

KOSHIYAMA, Alice Mitika. Mulheres jornalistas na imprensa brasileira. Intercom, Campo Grande – MS. 2001.

MASSARANI, Luisa; BAUER, Martin W; AMORIM, Luis. Um raio-x dos jornalistas de ciência: há uma nova “onda” no jornalismo científico no Brasil?. Universidade Metodista de São Paulo - Comunicação & Sociedade, São Bernardo do Campo, Julho – Dezembro. 2013.

MELO, Hildete Pereira de; LASTRES, Helena Maria M. Ciência e Tecnologia de gênero: o caso do CNPQ. In: Santos, Lucy. W. et al. (Orgs.) Ciência, tecnologia e gênero: desvelando o feminino na construção do conhecimento. Londrina: IAPAR, 2006. p.131-160.

MUZART, Zahidé Lupinacci. Uma espiada na imprensa das mulheres no século XIX. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, Janeiro – Junho. 2003.

REIS, José. Notáveis da C&T. Disponível em: . Acesso em 20 de março de 2015.

ROCHA, Paula Melani. As Mulheres Jornalistas no Estado de São Paulo: O Processo de Profissionalização e Feminização da Carreira. Universidade Federal de São Carlos, 2004.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade, Porto Alegre, jul./dez. 1990.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .