ENTREVISTA E CONSTRUÇÃO DE SIGNIFICADOS NA TVE/RS: O PROGRAMA PRIMEIRA PESSOA

Laira Ferreira de Campos

Resumo


RESUMO

Este trabalho trata da entrevista e construção de significados no Programa “Primeira Pessoa” da TVE/RS. A pesquisa sobre esse tema leva em conta a amplitude do gênero programas de entrevista na atualidade, aspectos dialógicos e jornalísticos. Com 22 anos de existência e sob a apresentação da jornalista Ivette Brandalise, o programa busca revelar a personalidade de entrevistados dos mais variados segmentos sociais. O objetivo deste trabalho é verificar as potencialidades da entrevista no aprofundamento de informações. A metodologia empregada é a análise da narrativa em Motta (2013) e análise de conversação em Braga (1994) e Marcuschi (1997).

Palavras-chave: Entrevista. Primeira Pessoa. Televisão.

ABSTRACT

This paper discusses the interview and construction of meanings in a program called “Primeira Pessoa” showed at TVE/RS. Research on this theme takes into account the extent of the genre - talk shows - in today´s world, dialogic and journalistic aspects. Having twenty-two years of existence and the journalist Ivette Brandalise as its host, the program seeks to reveal the personality of its guests coming from various social segments. The objective of this study is to verify the interview potentiality in getting further information about the guests. The methodology includes analysis of narrative from Motta (2013) and conversation analysis from Braga (1994) and Marcuschi (1997).

Key words: Interview. First Person. Television.



Referências


BRAGA, José Luiz. Sobre a conversação. In: FAUSTO NETO, Antonio; DAYREL, Sérgio; BRAGA, José Luiz (orgs.). Brasil- Comunicação, Cultura e Política. Rio de Janeiro: Diadorim, 1994, p. 289-308.

BRANDALISE, I. Vozes do Rádio: entrevista [9 de junho, 2011]: Porto Alegre: Famecos/ PUCRS. Entrevista concedida a Alessandro Zir e Katia Aguiar. Disponível em: . Acesso em 30 de novembro de 2014.

CAPUTO, Stela Guedes. Sobre entrevistas. Petrópolis: Vozes, 2010.

CUNHA, Maria Jandyra Cavalcanti. Estratégias, Procedimentos e Formatos. In MAROCCO, Beatriz (org.). Entrevista na prática jornalística e na pesquisa. Porto Alegre: Libretos, 2012.

FECHINE, Yvana. Televisão, digitalização e produção de conteúdos: a importância dos gêneros. In SEIXAS, Lia; PINHEIRO, Najara (orgs.). Gêneros, um diálogo entre Comunicação e Lingüística. Florianópolis: Insular, 2014.

MACHADO, Arlindo. Pode-se falar em gêneros na televisão? Porto Alegre: Revista Famecos n° 10, junho de 1999.

MARCUSCHI, Luiz Antonio. Análise da conversação. São Paulo: Ática, 1997.

MEDINA, Cremilda de Araújo. Entrevista o diálogo possível. São Paulo: Ed.Ática, 2002.

MORIN, Edgar. Da entrevista no rádio e na televisão. In: As duas globalizações – Complexidade e Comunicação uma pedagogia do presente. Porto Alegre: Sulina, EDIPUCRS, 2001, p.61-79.

MOTTA, Luiz Gonzaga. Análise Crítica da Narrativa. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2013.

PINHEIRO, Najara. Bate-Papo: um formato do gênero entrevista na TV. In SEIXAS, Lia; PINHEIRO, Najara (orgs.). Gêneros um diálogo entre comunicação e lingüística. Florianópolis: Insular, 2014.

SILVA, Fernanda Mauricio. Entrevista no telejornalismo:configurações históricas da vigilância em programas de entrevista. São Paulo: Revista Rumores n°14, v 7, julho-dezembro de 2013.

_______________________. A conversação como estratégia de construção de programas jornalísticos televisivos. Bahia, UFBA 2010. Tese de Doutorado em Comunicação e Cultura Contemporâneas, Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, 2010.

_______________________. “Conversa leve” e “embate intelectual”: Marília Gabriela entrevista. In Colóquio sobre televisão, Bahia: 2008. Disponível em: . Acesso em 23 de junho de 2014.

SOUZA, José Carlos Aronchi. Gêneros e formatos na televisão brasileira. São Paulo: Summus, 2004.

VOGEL, Daisi. A entrevista, um traçado aberto. In MAROCCO, Beatriz (org.). Entrevista na prática jornalística e na pesquisa. Porto Alegre: Libretos, 2012


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .