Mídias sociais no contexto de escolas de tempo integral

Rozane Zaion Rocha

Resumo


RESUMO

Esse estudo objetivou analisar como as escolas de tempo integral da rede pública municipal de Curitiba estão valendo-se das mídias sociais como ferramentas de auxílio no processo que envolve a aprendizagem-ensino-aprendizagem.  O método misto com delineamento sequencial exploratório foi utilizado nesse estudo. A coleta dos dados se deu através das postagens realizadas nas mídias sociais de 37 escolas de tempo integral do município.  Pelas análises das mídias sociais das escolas, se percebeu que tais mídias ainda são pouco exploradas pelas instituições de ensino e, quando o fazem, valem-se de material com baixa qualidade visual, sem descrições, minimizando, muitas vezes, a comunicação dos envolvidos. Também foi possível analisar que as escolas pesquisadas não oportunizam o protagonismo estudantil nas mídias sociais, Facebook.

 

Palavras Chaves: Educação em tempo integral. Mídias sociais. Protagonismo.

 

ABSTRACT

The objective of the following paper is to analyze how the city of Curitiba public full-time schools have been using social media as learning-teaching-learning aid tools. The study was performed through an exploratory sequential mixed method. Data were collected through the social media posts of 37 full-time city schools. Through the analysis of schools social medias, it is noticed that such media are still little explored by the educational institutions and, when they do, they use low visual quality material, no descriptions, often minimizing the communication of those involved. In addition, it was possible to analyze that the schools do not offer the student a leading role in social media, Facebook.

Keywords: Full-time education. Social media. Leading Role.

 

RESUMEN

Este estudio objetivó analizar cómo las escuelas de tiempo completo de la red pública municipal de Curitiba se están valorando de los medios sociales como herramientas de ayuda en el proceso que involucra el aprendizaje-enseñanza-aprendizaje. El método mixto con delineamiento secuencial exploratorio fue utilizado en ese estudio. La recolección de los datos se dio a través de las posturas realizadas en los medios sociales de 37 escuelas de tiempo completo del municipio. Por los análisis de los medios sociales de las escuelas, se percibió que tales medios todavía son poco explorados por las instituciones de enseñanza y, cuando lo hacen, se valen de material con baja calidad visual, sin descripciones, minimizando a menudo la comunicación de los involucrados. También fue posible analizar que las escuelas investigadas no oportunizan el protagonismo estudiantil en los medios sociales, Facebook.

Palabras Claves: Educación a tiempo complete. Redes sociales. Papel.

 



DOI: http://dx.doi.org/10.22169/revint.v14i31.1573

Referências


BRASIL, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília, 2017. Disponível em http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/12/BNCC_19dez2018_site.pdf Acesso: 10 fev. 2019

CAMBOIM, Luiza Góes. BEZERRA, Emy Porto. GUIMARÃES, Ítalo José Bastos. Pesquisando na internet: uma análise sobre metodologias utilizadas em dissertações de mestrado do Programa de Pós Graduação em Ciências da Informação UFPB. Revista Biblionline, João Pessoa, v. 11, n.2, p. 123 – 134, 2015. Disponível em . Acesso: 21 jan. 2019.

CASTELLS. Manuel. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro. Zahar, 2003.

CURITIBA, Prefeitura Municipal de. Currículo do Ensino Fundamental 1º ao 9º ano. Volume II. Secretaria Municipal de Educação. Curitiba, 2016. Disponível . Acesso em 22 jan. 2019.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. Rio de Janeiro. Editora 34, 1999.

MARTINO, Luís Mauro Sá. Teoria das Mídias Digitais: linguagens, ambientes e redes. Petrópolis. Vozes, 2014.

PAPERT. Seymour. A máquina das crianças: repensando a escola na Era da Informática. Porto Alegre. Artes Médicas, 1994.

PORTO, Tania Maria Esperon. As tecnologias estão nas escolas. E agora, o que fazer com elas? (IN) FANTIN, Monica. RIVOLTELLA, Pier Cesare. Cultura digital e escola: Pesquisa e formação de professores. Campinas. Papirus, 2012.

ROCHA, Rozane de Fátima Zaionz da. A tecnologia no processo ensino-aprendizagem na percepção dos professores das escolas em tempo integral da rede pública municipal de Curitiba. Tese (Doutorado em Tecnologia e Sociedade). Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Curitiba, p. 328, 2018. Disponível em: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/3098/1/CT_PPGTE_D_Rocha%2C%20Rozane%20de%20F%C3%A1tima%20Zaionz%20da_2018.pdf. Acesso: 07 fev. 2019

SAMPIERI, Roberto Hernandez. Metodologia de pesquisa. Porto Alegre. Penso, 2013.

VALENTE, Jonas. Facebook chega a 127 milhões de usuários no Brasil. Agência Brasil. Brasília. Publicado em 20 jun. 2018. Disponível em http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-07/facebook-chega-127-milhoes-de-usuarios-no-brasil. Acesso em 18 jan. 2019.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Intersaberes - ISSN 1809-7286

PREFIXO DOI: 10.22169