Multiletramentos e práticas com tecnologias digitais: uma revisão sistemática da literatura em dissertações de mestrado

Elizabeth Corrêa da Silva, João João Batista Bottentuit Junior

Resumo


RESUMO

O presente artigo apresenta uma Revisão Sistemática da Literatura acerca das tecnologias digitais que têm sido foco dos estudos de conclusão de Mestrado, no Brasil, nos últimos seis anos, em práticas de multiletramentos no processo ensino/aprendizagem de línguas estrangeiras. Para tanto, foram analisadas 18 (dezoito) dissertações, disponíveis em bases de dados online, centradas em práticas, experiências ou propostas com mídias e recursos digitais na perspectiva dos multiletramentos. Os resultados apontam para um quantitativo significativo de dissertações produzidas no ano de 2016, sobretudo enfocando o Ensino Fundamental e Educação Superior, com número limitado de estudos que contemplem línguas estrangeiras (línguas adicionais, segunda língua) ademais do inglês. Indicam ainda um rol de possibilidades, com o uso de tecnologias digitais, em práticas de letramentos.

 

Palavras-chave: Revisão Sistemática de Literatura. Multiletramentos. Tecnologias digitais. Ensino-Aprendizagem de Língua Estrangeira.

 

 

ABSTRACT

This article presents a Systematic Review of Literature about the digital technologies that have been the focus of the Master 's degree studies in Brazil, in the last six years, in multilearning practices in the teaching / learning process of foreign languages. For this purpose, 18 (eighteen) dissertations were analyzed, available in online databases, focused on practices, experiences or proposals with digital media and resources from a multilevel perspective. The results point to a significant number of dissertations produced in the year 2016, mainly focusing on Elementary and Higher Education, with a limited number of studies that contemplate foreign languages ​​(additional languages, second language) besides English. They also indicate a range of possibilities, with the use of digital technologies, in literacy practices.

 

Keywords: Systematic Review of Literature. Multiletramentos. Digital technologies. Foreign Language Teaching and Learning.

 

RESUMEN

El presente artículo presenta una Revisión Sistemática de la Literatura sobre las tecnologías digitales que han sido foco de los estudios de conclusión de Maestría, en Brasil, en los últimos seis años, en prácticas de multiliteracias.  en el proceso enseñanza-aprendizaje de lenguas extranjeras. De ese modo, se analizaron 18 (dieciocho) disertaciones, disponibles en bases de datos online, que resaltaron prácticas, experiencias o propuestas con medios y recursos digitales en la perspectiva de las multiliteracias. Los resultados apuntan a un cuantitativo significativo de disertaciones producidas en el año 2016, sobre todo enfocando la Enseñanza Primaria y Educación Superior, con un número limitado de estudios que contemplan lenguas extranjeras (lenguas adicionales, segunda lengua) además del inglés. Los resultados indican aún distintas posibilidades, con el uso de tecnologías digitales, en prácticas de literacias.

 

Palabras claves: Revisión Sistemática de Literatura. Multiliteracias. Tecnologías digitales. Enseñanza-Aprendizaje de Lengua Extranjera.



DOI: http://dx.doi.org/10.22169/revint.v12i26.1307

Referências


ALEGRETTI, Cecilia Barão, Pontes (ir)reais sobre abismos virtuais: questões do ensino e aprendizagem de inglês e a presença das novas tecnologias na escola pública. Dissertação de Mestrado em Estudos Linguísticos e Literários em inglês. São Paulo: Universidade de São Paulo. 2012.

ASSUNÇÃO, Fábio Nunes Estratégias de leitura em língua inglesa: um estudo de infográficos em uma perspectiva multimodal. Dissertação de Mestrado em Linguística Aplicada. Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará. 2014.

BARTON, David; LEE, Carmen. Linguagem online: textos e práticas digitais. Tradução Milton Camargo Mota, v. 1, 2015.

BENTO, Franciclé Fortaleza. A escrita colaborativa no ambiente wiki: uma experiência de ensino/aprendizagem de língua inglesa. Dissertação de Mestrado Acadêmico em Linguística Aplicada. Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará.2011.

BOTTENTUIT JUNIOR, João Batista; SANTOS, Camila Gonçalves. Revisão Sistemática da Literatura de Dissertações Sobre a Metodologia WebQuest. Revista EducaOnline, Rio de Janeiro, v. 8, 2014.

BRAGA, Denise Bértoli. Ambientes digitais. Reflexões teóricas e práticas. São Paulo: Cortez, 2013.

Carvalho, Ana Amelia. (org.) (2008). Manual de Ferramentas da Web 2.0 para Professores, Lisboa: Direcção Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular do Ministério da Educação. Disponível em:< http://www.erte.dgidc.min-edu.pt/publico/web20/manual_web20-professores.pdf>. Acesso em: 29 jun. 2017.

CATRO, Vânia Carvalho de. Turn On Your Mobile Devices In The English Classes: tweets no processo de escrita colaborativa on-line do gênero personal recount. Dissertação de Mestrado em Estudos Linguísticos. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais. 2015.

CENTENARO, Franciele Knebel. Investigação de uma abordagem pedagógica para o ensino de língua inglesa por meio de jogos digitais. Dissertação de Mestrado Profissional do Programa de Pós-graduação em Tecnologias Educacionais em rede. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria. 2016.

DAL MOLIN, Beatriz Helena. Tecnologia: a rede à flor da tela. Línguas & letras, Cascavel, v. 6, n.10, 2005, p. 284-301.

DE-LA-TORRE-UGARTE, Mônica Cecilia et al. Revisão sistemática: noções gerais. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 45, n. 5, 2011, p. 1260-1266.

DIAS, Iky Anne Fonseca. Cibercultura e redes sociais no ensino e apren- dizagem de Inglês: possibilidades e limitações. Dissertação de Mestrado em Letras, Linguagens e Representações. Ilhéus, BA: Universidade Estadual de Santa Cru. 2014.

DIONISIO, Angela Paiva. Gêneros textuais e multimodalidade. In: KARWOSKI, Acir Mário. GAYDECZKA, Beatriz. BRITO, Karim Siebeneicher. Gêneros textuais, reflexões e ensino, São Paulo: Parábola, 2011, p. 137-152.

FURTADO, Paula Rodrigues. Material digital Start: o percurso de sua construção e a análise do seu uso em sala de aula. Dissertação de Mestrado em Linguística Aplicada. Campinas: Universidade Estadual de Campinas. 2015.

GOMES JÚNIOR, Otalmir da Rocha. Gêneros como megainstrumentos no ensino de linguacultura estrangeira: por uma pedagogia na perspectiva dos multiletramentos. Dissertação de Mestrado em Letras: cultura, educação e linguagens.Vitoria da Conquista: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. 2016.

GOMES, I. S.; CAMINHA, I. O. Guia para estudos de revisão sistemática: uma opção metodológica para as ciências do movimento humano. Movimento, Porto Alegre, v.20, n.1, p.395-411, jan/ mar, 2014.

GOMES, Ronaldo Tavares. Uso e Contribuições do Jogo Digital Fable III como Recurso Didático em aulas de Espanhol. Dissertação de Mestrado em Estudos de Linguagens. Belo Horizonte: Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. 2016.

LEANDRO, Diêgo Cesar. Escrita colaborativa com Google Docs: flash fiction, noticing e aprendizagem de inglês como L2. Dissertação de Mestrado em Estudos da Linguagem. Natal: Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2015.

LENHARO, Rayane Isadora. Participação social por meio da música e da aprendizagem de língua inglesa em um contexto de vulnerabilidade social. Dissertação de Mestrado em Estudos da Linguagem. Londrina: Universidade Estadual de Londrina. 2016.

MACHADO, Cristina Gomes. Multiculturalismo: muito além da riqueza e da diferença. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

MACHADO, Luciana Vasconcelos. Letramentos e projetos colaborativos no ensino de língua inglesa do PROFIS. Dissertação de Mestrado em Linguística Aplicada. Campinas: Universidade Estadual de Campinas. 2016.

NEVES, Elisa Sobé. Língua Estrangeira para Crianças na Escola Internacional/Bilíngue (português/inglês): multiletramentos, transculturalidade e educação crítica. Dissertação de Mestrado em Linguística Aplicada. Brasília (DF): Universidade de Brasília. 2013.

PASQUOTTE-VIEIRA, Eliane A.; SILVA, Flavia Daniel Sordi; ALENCAR, Maria Cristina Macedo. A canção roda viva: da leitura às leituras. In: ROJO, Roxane. Multiletramentos na escola. São Paulo. Parábola Ed., 2012, p. 181-198.

PEREIRA, Camila dos Santos. O uso do Facebook em aulas de Língua Inglesa na Perspectiva dos Multiletramentos. Dissertação de Mestrado em Linguagem e Ensino. Campina Grande: Universidade Federal de Campina Grande. 2016.

RAMOS, A., FARIA, P., FARIA, Á. Revisão Sistemática de Literatura: contributo para a inovação na investigação em Ciências da Educação. Revista Diálogo Educacional, 14(41), p. 17-36, 2014.

RAULIK, Viviane de Fátima Pettiross. Práticas colaborativas de escrita em disciplina de língua inglesa de curso militar. Dissertação de Mestrado em Linguística Aplicada. Campinas: Universidade Estadual de Campinas. 2016.

ROJO, Roxane et al. Escola conectada: os multiletramentos e as TICs. São Paulo: Parábola, 2013.

ROJO, Roxane. Multiletramentos na escola. São Paulo. Parábola Ed., 2012.

SAMPAIO R.F., MANCINI M.C. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Rev Bras Fisioter 2007; 11(1): p.83-89

SANTOS, Camila Gonçalves dos. Por que utilizar Webquests na aula de língua estrangeira?. In: VETROMILLE-CASTRO, R. HEEMANN, C. FIALHO, V. R (org). Aprendizagem de Línguas – a Presença na Ausência: CALL, Atividade e Complexidade. Uma homenagem aos 70 anos do Prof. Dr. Vilson José Leffa, EDUCAT, Editora da Universidade Católica de Pelotas, Pelotas – 2012, p. 156-178.

SILVEIRA, Nadia. Hibridizando o ensino de Inglês na escola de aprendizes- marinheiros do Espírito Santo. Dissertação de Mestrado em Estudos Linguísticos: Vitória: Universidade Federal do Espirito Santo. 2015.

SOUZA, Humberto Alencar Teixeira de. Uso de propiciamentos e desenvolvimento de multiletramentos no processo de produção oral em Língua Inglesa na plataforma do WhatsApp. Dissertação de Mestrado em Estudos de Linguagens. Belo Horizonte: Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. 2016.

WINTER, Daiane. O uso do vídeo como instrumento de motivação na aula de língua estrangeira. Dissertação de Mestrado em Letras. Pelotas: Universidade Católica de Pelotas. 2013


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Intersaberes - ISSN 1809-7286