Ensino de física no ensino médio: sistematização coletiva do conhecimento como possibilidade metodológica

Paulo Sérgio Maniesi, Pura Lúcia Oliver Martins

Resumo


RESUMO

O presente artigo apresenta a sistematização dos resultados de investigação de abordagem qualitativa, modalidade pesquisa-ensino, Martins (2009), com aporte na concepção de teoria como expressão da prática. Orienta-se pela sistematização coletiva do conhecimento e tem como objetivo geral contribuir com as práticas pedagógicas dos professores de Física do Ensino Médio e propor a Sistematização Coletiva do Conhecimento como alternativa metodológica para esta disciplina. Esta pesquisa-ensino, cuja ênfase está em levar uma contribuição para os sujeitos da pesquisa durante a sua realização, possui como problema central de pesquisa o seguinte questionamento: “Durante o processo de sistematização coletiva do conhecimento, referente às práticas de estudo dos alunos, quais contribuições que podem surgir para intervir e provocar reflexões críticas que possibilitem transformar as práticas dos professores de Física no Ensino Médio? ”.  Neste pensar alunos do terceiro ano do ensino médio como participantes da pesquisa, trabalharam com suas práticas de estudo individuais e em grupo em uma escola de Ensino Médio da cidade de Curitiba. Atividades pedagógicas desenvolvidas com ênfase na voz dos sujeitos, serviram como parâmetros para análise da própria prática de estudo, com geração de pistas para intervenções em forma de transformações das práticas docentes. A experiência teve como foco principal a vivência das práticas de estudo dos alunos participantes da pesquisa frente a ele. Os dados mostraram a possibilidade de uma nova estrutura para as práticas desta disciplina no Ensino Médio.

Palavras-chave: Alternativa metodológica;  Prática docente. Ensino de Física no Ensino Médio.

 

ABSTRACT

The present study is a result of the systematization of research data of qualitative approach, research-teaching modality, Martins (2009), with contribution in the conception of theory as an expression of the practice. It is oriented by the collective systematization of knowledge and its general goal is to contribute to the pedagogical practices of High School Physics teachers and propose the collective systematization of knowledge as a methodological alternative for this discipline. This research-teaching, whose emphasis is on bringing a contribution to the research subjects during its realization, has as a central research problem the following question: "During the process of collective systematization of knowledge, in reference to the student study practices, which contributions can arise to intervene and provoke critical reflections that make it possible to transform the practices of physics teachers in high school?". On this thought, students from the third year of high school as participants of the research worked on their individual and group practices in a High School in the city of Curitiba. Pedagogical activities developed with emphasis on the subjects' voices served as parameters for the analysis of the practice of study itself with the generation of clues for interventions in the form of transformations of teaching practices. The experience had as the main focus the experience of the students who participated of the research and their study practices in front of them. The data showed the possibility of a new structure for the practices of this discipline in High School.

 

Key-words: Methodological alternative; Teaching practices; Physics Teaching in High School.

RESUMEN

El presente artículo presenta la sistematización de los resultados de investigación de abordaje cualitativo, modalidad investigación-enseñanza, Martins (2009), con aporte en la concepción de teoría como expresión de la práctica. Se orienta por la sistematización colectiva del conocimiento y tiene como objetivo general contribuir con las prácticas pedagógicas de los profesores de Física de la Enseñanza Media y proponer la Sistematización Colectiva del Conocimiento como alternativa metodológica para esta disciplina. Esta investigación-enseñanza, cuyo énfasis está en llevar una contribución a los sujetos de la investigación durante su realización, tiene como problema central de investigación el siguiente cuestionamiento: "Durante el proceso de sistematización colectiva del conocimiento, referente a las prácticas de estudio de los alumnos, ¿cuáles contribuciones que pueden surgir para intervenir y provocar reflexiones críticas que posibiliten transformar las prácticas de los profesores de Física en la Enseñanza Media? ". En este pensar alumnos del tercer año de la enseñanza media como participantes de la investigación, trabajaron con sus prácticas de estudio individuales y en grupo en una escuela de Enseñanza Media de la ciudad de Curitiba. Las actividades pedagógicas desarrolladas con énfasis en la voz de los sujetos, sirvieron como parámetros para el análisis de la propia práctica de estudio, con generación de pistas para intervenciones en forma de transformaciones de las prácticas docentes. La experiencia tuvo como foco principal la vivencia de las prácticas de estudio de los alumnos participantes de la investigación frente a él. Los datos mostraron la posibilidad de una nueva estructura para las prácticas de esta disciplina en la Enseñanza Media.

 

Palabras clave: Alternativa metodológica; Práctica docente; Enseñanza de Física en la Escuela secundaria.

 


DOI: http://dx.doi.org/10.22169/revint.v12i26.1259

Referências


REFERÊNCIAS

ARROYO, Miguel González. Outros sujeitos, outras pedagogias. Petrópolis-RJ, Editora Vozes, 2012.

BRASIL. Lei 9394, de 20 de dezembro de 1996. Dispõe sobre as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, Seção 1, p.27833, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. 2012. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Pacto nacional pelo fortalecimento do Ensino Médio. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. 2008.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Portaria n.30, de 31 de julho de 2014. Dispõe sobre as obras aprovadas no PNLD 2015, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Entenda o Novo Ensino Médio. Disponível em :

Acesso em 03 jul.2017.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Tradução Roneide Venancio Majer com a colaboração de Klauss Brandini Gerhardt. 8.ed., São Paulo: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 59.ed., Rio de Janeiro RJ, Paz e Terra, 2015.

GATTI, Bernardete Angelina. Formação de professores no Brasil: características e problemas. Revista Educação & Sociedade, Campinas, v.31, n.113, p.1355-1379, 2010.

LÜDKE, Menga (coord.). O que conta como pesquisa? 3.ed., São Paulo-SP, Cortez, 2009.

MARTINS, Pura Lúcia Oliver. Didática teórica, didática prática. São Paulo - SP, Loyola, 2008.

MARTINS, Pura Lúcia Oliver. A Didática e as contradições da prática. Campinas-SP, Papirus, 2009.

SANTOS, Oder José. Pedagogia dos conflitos sociais, Campinas-SP, Papirus, 1992.

TRIVINÕS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo - SP, Atlas, 2015.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Intersaberes - ISSN 1809-7286