Práticas pedagógicas educomunicativas: os desafios da escola na era do Big Data

Valdeci Reis, Alaim Souza Neto, GLEICY CORRÊA NUNES MARQUES

Resumo


RESUMO

O presente artigo discute os resultados de uma pesquisa-ação desenvolvida em duas escolas estaduais localizadas no sul da ilha de Santa Catarina, Florianópolis. Além de analisar as percepções dos adolescentes sobre temas complexos da cultura digital, discorremos sobre práticas pedagógicas desenvolvidas por professores nos anos finais do ensino fundamental. Constatamos que a perspectiva educomunicativa permitiu aos discentes o exercício da comunicação oral, aperfeiçoando a objetividade e clareza de exposição do pensamento, além de favorecer a convivência e o trabalho em grupo, bem como o respeito às diferenças.

 

Palavras-chave: Educomunicação, Cultura Digital, Tecnologia, Juventude.

 

 

ABSTRACT

The following paper discusses the results of an action-research developed in two state schools located in the south of the island of Santa Catarina, Florianópolis, Brazil. Besides analysing adolescents' perceptions on complex digital culture themes, the authors discuss pedagogical practices developed by teachers in the latter years of elementary school. The authors found that educommunication perspective allowed the students to practice oral communication, improved objectivity and clarity when expressing points of view, as well as promoting interaction, teamwork, and respect for differences.

 

Keywords: Educommunication, Digital Culture, Technology, Youth.

RESUMEN

El presente artículo discute los resultados de una investigación-acción desarrollada en dos escuelas provinciales localizadas en el sur de la isla de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil. Además de analizar las percepciones de los adolescentes sobre temas complejos de la cultura digital, discorremos sobre prácticas pedagógicas desarrolladas por profesores en años finales de la enseñanza fundamental. Constatamos que la perspectiva educomunicativa permitió a los discentes el ejercicio de la comunicación oral, perfeccionando la objetividad y claridad de exposición del pensamiento, además de favorecer la convivencia y el trabajo en grupo, así como el respeto a las diferencias.

 

Palabras clave: Educomunicación, Cultura Digital, Tecnología, Juventud.

 


DOI: http://dx.doi.org/10.22169/revint.v12i26.1254

Referências


BROWN, Andrew; DOWLING, Paul. Doing research/reading research: a doing research/reading research mode of interrogation for teaching. Londres: Routledge Falmer, 2001.

CASTELLS, Manuel. A Sociedade em rede – a era da informação: economia, sociedade e cultura. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

______. The Rise of Network Society. Oxford e Malden: Blackwell, 1996.

______. The Power of Identity. Oxford e Malden: Blackwell, 1997.

______. End of Millennium. Oxford e Malden: Blackwell, 1998.

______. Communication Power. Cambridge: MIT, 2010.

______. Redes de indignação e esperança: movimentos sociais na era da internet. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

LORIDI, Luciano. The Philosophy of Information. Oxford: Oxford University Press, 2011.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I. A vontade de saber. Lisboa: Relógio D’ Água, 1999.

HAN, Byung-Chul. La Sociedad de la Transparencia. Traduzido por Raúl Gabás. Barcelona: Herder Editorial, 2013.

______. A sociedade do cansaço. Traduzido por Gilda Lopes Encarnação. Lisboa: Relógio D’Água, 2014.

______. No Enxame: reflexões sobre o digital. Traduzido por Miguel Serras Pereira. Lisboa: Relógio D’Água, 2016.

KERCKHOVE, Derrick de. “Ética de transparência na era do Big Data”. In: LOPES, Maria Immacolata Vassallo de; KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Comunicação, cultura e mídias sociais. São Paulo: ECA USP, 2016. p. 5-23.

_______. A pele da cultura. Lisboa: Relógio D’ Água, 1997.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. La Educación desde la Comunicación. Buenos Aires: Grupo Editorial Norma, 2002.

MATTOS, Carmem Lúcia Guimarães de. “A abordagem etnográfica na investigação científica”. In: MATTOS, C. L. G. e CASTRO, P. A. (Orgs.). Etnografia e educação: conceitos e usos. Campina Grande: EDUEPB, 2011. p. 49-83.

REIS, Valdeci. Jovens professores conectados: Desafios da docência na era digital. 2016. 177f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Centro de Ciências Humanas e da Educação, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

SANTAELLA, Lúcia. Temas e dilemas do pós-digital: a voz da política. São Paulo: Paulus, 2016.

______. Comunicação ubíqua: repercussões na cultura e na educação. São Paulo: Paulus, 2013.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Intersaberes - ISSN 1809-7286