Gamificação como um novo componente da indústria cultural

João Mattar, Wanderlucy Czeszak

Resumo


Este artigo analisa os efeitos negativos da gamificação. Trata-se de uma revisão de literatura. O referencial teórico é a crítica àindústria cultural realizada por Adorno e Horkheimer. A pesquisa identificou vários autores que criticam o conceito e a práticada gamificação por diversos ângulos, como: a simplicidade (em relação ao design de games), a subserviência ao capitalismo, afusão dos espaços do trabalho e do lazer e a vigilância, dentre outros. A revisão de literatura identificou também propostas demodelos para a inclusão da dimensão moral nos processos do design de gamificação. As reflexões servem para mostrar que agamificação não pode prescindir da crítica social e da ética

DOI: http://dx.doi.org/10.22169/revint.v12i25.1226

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Intersaberes - ISSN 1809-7286