Revolta dos Posseiros: colonização do sudoeste do Paraná

Marisa Aparecida Possatto Stormoski, Maria do Carmo Amaral

Resumo


RESUMO

Este estudo analisa como ocorreu a colonização das terras das glebas Missões e Chopim (parte desta última), localizadas na macrorregião Sudoeste do estado do Paraná, buscando criar um contexto histórico e uma cronologia dos fatos principais que ocorreram por volta da década de 1940, estendendo-se até meados de 1960. Sob um contexto de revoltas e conflitos entre a União e o Governo Paranaense, e entre as companhias colonizadoras e os posseiros (agricultores/moradores), tentou-se promover a posse das terras de forma correta e organizada pela justiça. A este conflito se deu o nome de Revolta dos Posseiros. Analisaremos, também, os benefícios e os prejuízos trazidos com a revolta, assim como as mudanças que ocorreram na estrutura fundiária e no ambiente da região. Como um plano de fundo, trabalharemos esse contexto de colonização ou chegada da civilização como uma espécie de reforma agrária para a região Sudoeste do Paraná.

Palavras-chave: Revolta. Colonização. Reforma agrária.

ABSTRACT

This study analyzes how the lands of ‘Missões’ and ‘Chopim’ (part of it), located in the Southwestern macroregion of the state of Paraná, were colonized, seeking to create a historical context and a chronology of the main facts that occurred around the 1940s. until mid-1960. Under a context of revolts and conflicts between the Union and the Paraná State Government, and between the colonizing companies and the squatters (farmers / residents), they tried to promote land tenure correctly and organized by justice. This conflict was called the ‘Posseiros’ [squatters’] Revolt. We will also analyze the benefits and harms brought about by the revolt, as well as the changes that have occurred in the region's land structure and environment. As a background, we will present this context of colonization or arrival of civilization as a kind of land reform for the Southwestern region of Paraná.

Keywords: Revolt. Colonization. Land reform.

RESUMEN

Este estudio analiza como ocurrió la colonización de las tierras de Missões y Chopim (parte de esta última), ubicadas en la macrorregión suroeste del estado de Paraná (Brasil), tratando de recrear el contexto histórico y una cronología de los principales hechos que se inician alrededor de la década de los años 40 y que se extienden hasta la mitad de los 60. En un contexto de revueltas y conflictos entre la Unión y el gobierno del Estado de Paraná, y entre las compañías colonizadoras y los “posseiros” (agricultores/moradores), se intentó promover la tenencia de la tierra de forma correcta y organizada por la justicia. Ese conflicto se denominó la Revuelta de los “Posseiros”. Se analizarán, también, los beneficios y prejuicios generados por la revuelta, así como los cambios sucedidos en la tenencia de la tierra y en el ambiente de la región. Como si fuera un telón de fondo, trabajaremos ese contexto de colonización o llegada de la civilización como una especie de reforma agraria para la región suroeste de Paraná.

Palabras-clave: Revuelta. Colonización. Reforma agraria.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Caderno Intersaberes